INFORMA합ES DO TRABALHO COMO AUTOR
EIXO TITULO A플O


INFORMA합ES DO TRABALHO COMO COAUTOR
EIXO TITULO A플O
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O USO DE JOGOS NO ENSINO DA MATEM햀ICA COMO FACILITADOR NO ATO DE ENSINAR/APRENDER
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM OS GNEROS TEXTUAIS NA PROVA DO ANTIGO ENEM.
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O USO DO VDEO E DA INTERNET NO 4 ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCA플O ITIL E ENSINO FUNDAMENTAL CLEITON COSTA EM ENGENHO VELHO-RS
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM O ANTIGO ENEM E OS GNEROS TEXTUAIS: ALGUMAS REFLEXES
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO GNERO, MEMRIA E EDUCA플O: JEAN-BAPTISTE DEBRET E A CIVILIZA플O DO BRASIL
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO O COORDENADOR PEDAGGICO NAS ESCOLAS PBLICAS MUNICIPAIS DE ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE ITABERABA (BA)
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS ATUA플O DO PEDAGOGO EM AMBIENTES EMPRESARIAIS
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL PROJETOS PEDAGGICOS: REFLEXES A PARTIR DO CURSO DE SERVIO SOCIAL
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL FORMA플O PROFISSIONAL, PROJETO PEDAGGICO E EST핯IO CURRICULAR EM SERVIO SOCIAL
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO A GEST홒 DEMOCR햀ICA NO CONTEXTO DA ESCOLA PBLICA: UMA REFLEX홒 TERICA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO O GESTOR ESCOLAR E A AUTONOMIA DA ESCOLA NO TRABALHO PEDAGGICO
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO A GEST홒 DEMOCR햀ICA E A PARTICIPA플O DOS PAIS E DA COMUNIDADE NA ESCOLA
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE ENTRE SER, SENTIR E INTERVIR: O ARSENAL DE JOGOS DO TEATRO DO OPRIMIDO NA FORMA플O DE PROFESSORES
5. EDUCA플O E INF헞CIA 밒SSO HORA DE BRINCADEIRA?: MITOS E DESAFIOS SOBRE A CULTURA LDICA NA EDUCA플O INFANTIL
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O HIPERTEXTO COMO FERRAMENTA PARA A RESSIGNIFICA플O DA LINGUAGEM NO ENSINO DE LNGUA PORTUGUESA: UM ESTUDO DE CASO COM ALUNOS DO 9 ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DO COLGIO ESTADUAL ALMIRANTE BARROSO/MURIBECA- SE.
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL TURISMO CULTURAL E FILOSOFIA: UMA RELA플O POSSVEL
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL A INSER플O DO MERCOSUL NO PROCESSO DE INTEGRA플O DA ALCA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO UM OLHAR SOBRE A CONTRIBUI플O DA REPRESENTA플O PROFISSIONAL NO DIA A DIA DO GESTOR ESCOLAR
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM A ADAPTA플O DO ROMANCE O PERFUME: DA LINGUAGEM LITER핾IA CINEMATOGR핮ICA
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS VISITA TCNICA COMO RECURSO DID햀ICO NA AULA DO CURSO DE ADMINISTRA플O
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS DESATEN플O, HIPERATIVIDADE E IMPULSIVIDADE: REFLEXES CRTICAS SOBRE O TDAH
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL DOCNCIA UNIVERSIT핾IA: REFLEXIVIDADE SEGUNDO ZEICHNER NO DISCURSO E NA PR햀ICA DE PROFESSORES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A EDUCA플O E O IDEAL ASCTICO; QUESTES INCMODAS AO LUGAR COMUM.
5. EDUCA플O E INF헞CIA FILOSOFIA E INF헞CIA: UMA PARCERIA QUE FUNCIONA
5. EDUCA플O E INF헞CIA BRINQUEDOS COMO MEDIADORES NA FORMA플O DE ATITUDES SOCIOAMBIENTAIS NA EDUCA플O INFANTIL
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA MAPAS CONCEITUAIS COMO TECNOLOGIA POTENCIALIZADORA DE APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA NA EDUCA플O B핿ICA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS O COTIDIANO ESCOLAR COMO LCUS DA PRODU플O DA IDENTIDADE DOCENTE NO PIBID
4. EDUCA플O E INCLUS홒 SABERES DOCENTES E PR햀ICAS PEDAGGICAS: ESCOLA COMO ESPAO DE POTNCIA PARA O USO DE TECNOLOGIAS ASSISTIVAS.
17. MSICA (ENSINO DA MSICA, PRODU플O MUSICAL) ETNOEDUCA플O MUSICAL: O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM APINAY VIA SEUS INTRUMENTOS MUSICAIS
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO O ENSINO DA HISTRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA E INDGENA. RECONSTRUINDO SABERES
5. EDUCA플O E INF헞CIA ESCOLA E VIOLNCIA: UMA REALIDADE NO BRASIL.
4. EDUCA플O E INCLUS홒 EXERCCIO DOCENTE DE UMA PROFESSORA COM BAIXA VIS홒: OBST핧ULOS E ESTRATGIAS NO ENSINO SUPERIOR
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A (RE) ELABORA플O DOS PLANOS MUNICIPAIS DE EDUCA플O: A EXPERINCIA NO SERT홒 DE ALAGOAS
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO A GEST홒 PEDAGGICA E O NDICE DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCA플O B핿ICA (IDEB) NAS ESCOLAS PBLICAS
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL O CONCEITO DE UNIVERSIDADE NA REFORMA DE 1968
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS GEST홒 DEMOCR햀ICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE SANTANA DO IPANEMA - AL: INTERFACE ENTRE A AVALIA플O INSTITUCIONAL E A QUALIDADE DO ENSINO FUNDAMENTAL
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO O SENTIDO DA GEST홒 DEMOCR햀ICA A PARTIR DO DISCURSO DA PARTICIPA플O: O QUE DIZEM OS SUJEITOS DA ESCOLA
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL EXTRATIVISMO E SUBJETIVIDADES NAS COMUNIDADES TRADICIONAIS DA RESTINGA SERGIPANA
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO CURRCULO E CORPOREIDADES: DESVITALIZA플O E DECOMPOSI플O NA SUPERMODERNIDADE
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS JOS ROLLEMBERG LEITE, ACRSIO CRUZ E ROBERT KING HALL: AS INICIATIVAS DE EXPANS홒 DA ESCOLA PRIM핾IA RURAL EM SERGIPE (1947-1961)
4. EDUCA플O E INCLUS홒 CLASSES HOSPITALARES:UMA NOVA POSSIBILIDADE DE (RE)INCLUS홒 EDUCACIONAL
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS O LDICO E SUA INFLUNCIA NA RECUPERA플O DA CRIANA HOSPITALIZADA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A FORMA플O SOCIAL MOVENDO A FORMA플O ESCOLAR
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO REFLEXES SOBRE O CURRCULO NA ESCOLA EM TEMPO INTEGRAL
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS TEMPO INTEGRAL COMO POLTICA PBLICA EM EDUCA플O: DILEMAS DA UNIVERSALIZA플O E DA EDUCA플O PRIORIT핾IA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O ENSINO DA MATEM햀ICA NOS ANOS INCIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: AS CONTRIBUI합ES DE LEV VYGOTSKY
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS RELAAO COM O SABER E TEMPO INTEGRAL: UM ESTUDO COM ESTUDANTES DO CAMPO
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O CASTIGO PRESCRITO: 밨ECEITU핾IOS PARA PROFESSORES.
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS A RELA플O FAMLIA -ESCOLA E CONFLITOS ESCOLARES
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO DA INDICA플O ELEI플O DE GESTORES ESCOLARES EM MUNICPIOS ALAGOANOS: SEMELHANAS OU DIVERGNCIAS?
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PAULO FREIRE, POR UMA PROPOSTA DIALTICO-DIALGICA
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS MOVIMENTOS SOCIAIS NO CAMPO E A LUTA PELA TERRA NO BRASIL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS REFLEXES ACERCA DA AVALIA플O DA LNGUA INGLESA NO EXAME NACIONAL DO ENSINO MDIO (ENEM)
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS DIFUS홒 DE CONHECIMENTO E MOBILIZA플O SOCIAL NO CONTEXTO DA EDUCA플O AMBIENTAL CRTICA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA UM ESTUDO COMPARATIVO EM PROCESSOS COGNITIVO E DID햀ICO NA FORMA플O DE PROFESSORES COM NMEROS INTEIROS RELATIVOS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA DEBATENDO A GRAVITA플O UNIVERSAL A PARTIR DE UMA PEA TEATRAL DENTRO DO UNIVERSO DO STIO DO PICAPAU AMARELO
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A ARTE DA CAPOEIRA: UM PROJETO DE EXTENS홒
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 O USO DA CINEMATOGRAFIA COMO TRANSPOSI플O DID햀ICA NO ENSINO RELIGIOSO: UM ESTUDO REALIZADO PELO PIBID
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 A CONSCINCIA DA MORTE E A SUA CORRELA플O COM A ESPIRITUALIDADE E A RELIGI홒
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O PR햀ICAS SIGNIFICATIVAS DE LEITURA E ESCRITA POR MEIO DA MDIA R핪IO ESCOLAR
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A FORMA플O DOCENTE E AS PR햀ICAS PEDAGGICAS NO ENSINO DE LNGUA ADICIONAL (ESPANHOL)
9. EDUCA플O E DIREITOS HUMANOS. EDUCA플O PARA A PAZ. DIREITOS HUMANOS E EDUCA플O: UM RECORTE DA ESCOLARIZA플O DE JOVENS E ADULTOS NO MUNICPIO DE RIO REAL/BA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O TIC E EDUCA플O NA CONCEP플O HISTRICO CRTICA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A RELEV헞CIA DO PIBID 픓 PR햀ICAS PEDAGGICAS REALIZADAS PELO GRADUANDO EM FORMA플O DOCENTE E O LIVRO DID햀ICO COMO MATERIAL EM FOCO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O USO DO BLOG NO ENSINO DE LITERATURA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A HUMANIZA플O EM PAULO FREIRE
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO LEVANTAMENTO DA PRODU플O CIENTFICA SOBRE GEST홒 DEMOCR햀ICA NA INTERNET
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O EDUCA플O A DIST헞CIA: O DESAFIO DO PROFESSOR EM MEIO 픓 NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMA플O
4. EDUCA플O E INCLUS홒 POBREZA E A DESIGUALDADE ESCOLAR: AN핶ISE DE DUAS ESCOLAS PBLICAS DE ENSINO FUNDAMENTAL EM MACEI/AL
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO GEST홒 ESCOLAR: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE A ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA BENEDITA DE CASTRO LIMA, MACEI/AL E ESCOLA MUNICIPAL MARIA DO CARMO DE MORAES EM S홒 LUIZ DO QUITUNDE/AL
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O TIC뭆 E EDUCA플O: VIRTUDES E DESAFIOS
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM AS PR햀ICAS DO ENSINO DA LEITURA NA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS EM CONTEXTO LETRADO: POSSVEIS DI핶OGOS ENTRE O ATO PEDAGGICO E OS SUJEITOS ALUNOS
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS COTAS RACIAIS: UMA TEM햀ICA QUE AINDA GERA BASTANTE POLMICA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS DESENVOLVIMENTO DAS COMPETNCIAS LINGUSTICAS: USO DO CORDEL NAS AULAS DE ESPANHOL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EDUCA플O, ESPIRITUALIDADE E GEST홒 DE PESSOAS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O ESPAO DO ESPANHOL NO BRASIL
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A POLTICA PBLICA EDUCACIONAL FRENTE MERITOCRACIA: A EFIC핧IA SOCIAL DA ESCOLA UM PROBLEMA DE JUSTIA?
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL SUBJETIVIDADE E QUALIDADE MOTIVACIONAL DOCENTE: UM ESTUDO DE CASO
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS O PAPEL DO AGENTE SOCIOEDUCATIVO FRENTE QUESTAO DA JUVENTUDE, EDUCA플O E DIREITO.
24. EDUCA플O E SADE ADOECIMENTO PSQUICO NOS DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR: REVIS홒 SISTEM햀ICA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO PARTICIPA플O NA GEST홒 ESCOLAR DEMOCR햀ICA EM ALAGOAS - SOB A TICA DOS CONSELHEIROS ESCOLARES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS DOS CONHECIMENTOS PRVIOS APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA: OS DESAFIOS DO PROCESSO DE ALFABETIZA플O DE CRIANAS DO ENSINO FUNDAMENTAL I
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A FORMA플O CONTINUADA DE PROFESSORES INICIANTES EM SERVIO: UMA A플O POSSVEL
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM O ENSINO DE LNGUAS, TRADI플O X INOVA플O: UM DESAFIO OU FUTURO APRENDIZAGEM DOS ALUNOS?
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS O PAPEL FORMATIVO DO COORDENADOR PEDAGGICO: TENSES, DESAFIOS E POSSIBILIDADES
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL O PENSAMENTO ABISSAL: MARCAS DA (IN)VISIBILIDADE DOS TRABALHADORES DE LIMPEZA E CONSERVA플O
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS EDUCA플O AMBIENTAL: COMO PROCESSO PARA A REEDUCA플O DOS CRIADORES IRREGULARES DE SUNOS EM MATRIZ DO CAMARAGIBE-AL
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA AULA DE MATEM햀ICA FINANCEIRA UTILIZANDO A AVA COMO RECURSO METODOLGICO
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL AS CRIA합ES DE SUNOS AS MARGENS ESQUERDA DO RIO CAMARAGIBE: UM DOS FATORES DE EXPLORA플O DO TERRITRIO NO MUNICIPIO DE MATRIZ DE CAMARGIBE 뺸L
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL DA DESTERRITORIALIZA플O A RETERRITORIALIZA플O DA COMUNIDADE VILA JACAR/MARECHAL DEODORO DA FONSECA/AL
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A FORMA플O DE PROFESSORES NO BRASIL A PARTIR DA EDUCA플O A DIST헞CIA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO FORMA플O DE PROFESSOR: AN핶ISE DA PROPOSTA CURRICULAR DE QUMICA DO ESTADO DE SERGIPE
4. EDUCA플O E INCLUS홒 EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS: REFLEXES ACERCA DE DESAFIOS E POSSIBILIDADES
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA CARTOGRAFANDO O DEVIR DE CINCO LICENCIANDOS DE MATEM햀ICA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICAS PBLICAS EDUCACIONAIS: OS EFEITOS DO PDE-ESCOLA NAS ESCOLAS PBLICAS DE MACEI
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A PR햀ICA DOCENTE NO ENSINO SUPERIOR
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICAS EDUCACIONAIS: EXPANS홒 DO ENSINO SUPERIOR PRIVADO EM ALAGOAS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS DESAFIOS NA FORMA플O DO PEDAGOGO: A RELA플O AO SABER E DOS ESTUDANTES DE PEDAGOGIA DA UFS/SE
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A FORMA플O DO LEITOR PARA A COMPREENS홒 ESCRITA EM ESPANHOL COMO LNGUA ADICIONAL A DISTANCIA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM A NEUROCINCIA NA AQUISI플O DA LNGUA INGLESA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A PR햀ICA DO GRUPO DE ESTUDO NA FORMA플O EM PEDAGOGIA
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL VIOLNCIA CONTRA CRIANAS E ADOLESCENTES: UMA AN핶ISE COMPARATIVA DE 2007 A 2011 EM SERGIPE.
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A IMPORT헞CIA DAS REPRESENTA합ES SEMITICAS NO ENSINO DE FUN합ES DO 1 E 2 GRAU E A MEDIA플O NO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A MATEM햀ICA PARA O EXERCCIO DA CIDADANIA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A INFLUNCIA DO BANCO MUNDIAL NA POLITICA EDUCATIVA DA EDUCA플O B핿ICA NO BRASIL
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO FORMAS DE ENFRENTAMENTO DA EXPLORA플O SEXUAL DE CRIANAS E ADOLESCENTES (ESCA) EM ARACAJU
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICA NACIONAL DE ENFRENTAMENTO AO TR핮ICO DE PESSOAS PARA FINS DE EXPLORA플O SEXUAL
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS NARRATIVAS DA PR햀ICA PEDAGGICA DOS DOCENTES DO CURSO DE PEDAGOGIA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL PR햀ICA PEDAGGICA DOS DOCENTES NO ENSINO SUPERIOR: CURSO DE PEDAGOGIA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A INTER E A TRANSDISCIPLINARIDADE NA VIS홒 DE DOCENTES PS-GRADUADOS EM PSICOPEDAGOGIA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A CONTRIBUI플O DOS ENCONTROS PRESENCIAIS NO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEM햀ICA A DIST헞CIA DA UFS
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE O ENSINO DE DESENHO DE ANATOMIA ARTSTICA NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS CRNICAS PEDAGGICAS: A IMPORT헞CIA DA PR햀ICA DA ESCRITA NA (TRANS)FORMA플O DE PROFESSORES
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICAS EDUCACIONAIS EM ALAGOAS: UMA AN핶ISE SOBRE O PROCESSO DE PRECARIZA플O DO TRABALHO DOCENTE
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE PROJETOS DE VIDA: UM ESTUDO DAS REPRESENTA합ES DE JOVENS DE UMA COMUNIDADE QUILOMBOLA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL DOCNCIA NO ENSINO SUPERIOR: REFLEXES SOBRE O ENSINO JURDICO EM FACULDADES DE MACEI
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL PREVALENCIA DE STRESS EM TRABALHADORES QUE ATENDEM AO PBLICO
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL EDUCA플O JURDICA E O EXAME DE ORDEM: DESVENDANDO AS PROVAS DO TRINIO 2006/2009/2012.
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE ENTRE L핻IS, MOVIMENTOS E APLAUSOS: A PRESENA DO ARTISTA DA DANA NOS ESPAOS ESCOLARES
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O AMBIENTE VIRTUAL PARA A FORMA플O DE PROFESSORES: POSSIBILIDADES E DESAFIOS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A MONITORIA NO CURSO DE PEDAGOGIA DA UFC: NARRATIVAS, PERCURSOS E INTINER핾IOS HISTRICOS NA FORMA플O DOCENTE
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 A RELIGI홒 DO OUTRO: EDUCA플O, RESPEITO ESCOLHA E ENTENDIMENTO CULTURAL
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A EDUCA플O ESCOLAR NO CONTEXTO INOVADOR DAS PR햀ICAS PEDAGGICAS INTERDISCIPLINARES COM MOBILE LEARNING
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS GEOGRAFIA ESCOLAR NO CAMPO: AS PR햀ICAS E VIVNCIAS DOS ALUNOS NA ABORDAGEM DOS CONCEITOS GEOGR핮ICOS NO ENSINO FUNDAMENTAL II
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE PROCESSOS COMPARTILHADOS EM DANA: CRIA플O E APRENDIZAGEM
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO A POLTICA PBLICA DE IGUALDADE DE GNERO NAS FORAS ARMADAS: AS PRIMEIRAS ASPIRANTES NA ESCOLA NAVAL
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO UM OLHAR SOBRE A AVALIA플O INSTITUCIONAL NO CONTEXTO DA EDUCA플O B핿ICA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS O PAPEL DOS CONSELHOS DE CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB: A REALIDADE DE ALAGOAS
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL O INVENT핾IO PORTAGE COMO INSTRUMENTO DE AVALIA플O DO DESENVOLVIMENTO DE CRIANAS PREMATURAS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS JOGOS DID햀ICOS COMO INSTRUMENTO DE ENSINO-APRENDIZAGEM
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS PR햀ICAS DE AVALIA플O: O IMPACTO DAS POLTICAS EDUCACIONAIS NO TRABALHO DO PROFESSOR, NA ESCOLA E NA SALA DE AULA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FORMA플O CONTINUADA DE PROFESSORES: ENTRE LEMAS E DILEMAS, UMA PROPOSTA CONCRETA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O CLIC! E ERA UMA VEZ: NARRATIVAS VERBOVISUAIS EM HISTRIAS ESCRITAS POR CRIANAS
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM JOGOS DE LINGUAGEM E MATERIAIS PEDAGGICOS PARA A ALFABETIZA플O
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PROJETO CULTURA NEGRA NA ESCOLA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O PROJETO: CELULAR E ADOLESCENTES: UM DILEMA ESCOLAR?
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA TEMA TRANSVERSAL ORIENTA플O SEXUAL NO LIVRO DID햀ICO DE CINCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL NO MUNICPIO DE JUNQUEIRO AL
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 ARTEFATO CULTURAL DEMONSTRANDO A IMPORT헞CIA DO MUSEU INTERATIVO NO ENSINO SOBRE ESTUDOS CULTURAIS
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO A IMPORT헞CIA DA GEST홒 DEMOCR햀ICA NOS DIAS ATUAIS: UMA VIVNCIA DO EST핯IO SUPERVISIONADO IV
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA OBJETOS VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM PARA O ENSINO DE FUN합ES EXPONENCIAIS E LOGARTMICAS COM O GEOGEBRA .
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O AS (NOVAS) TECNOLOGIAS E A APRENDIZAGEM DE LNGUA INGLESA: AN핶ISE DO ENSINO B핿ICO SERGIPANO
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO O LUGAR DA EDUCA플O SEXUAL NA HISTRIA DE VIDA E SEUS REFLEXOS NA FORMA플O DE PROFESSORES: OLHARES PARA O CURSO DE PEDAGOGIA
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE PROBLEMATIZANDO A RELA플O ENTRE ESCOLA E JUVENTUDES
5. EDUCA플O E INF헞CIA OS DESAFIOS DA PR햀ICA DOCENTE NOS ANOS INICIAIS: REFLEXES SOBRE A INDISCIPLINA EM SALA DE AULA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM GRAM햀ICA, VARIA플O E ENSINO: ENTRE A TRADI플O E A REALIDADE
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O GEOGEBRA: UMA FERRAMENTA NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM DE FUN합ES AFINS.
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A UTILIZA플O DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS DA INFORMA플O E COMUNICA플O NO CONTEXTO DA DOCNCIA NO ENSINO SUPERIOR
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O ENSINO DE MATEM햀ICA NA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS: TECENDO REFLEXES
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO ALGUMAS REFLEXES A RESPEITO DO CURRCULO NO PROCESSO DE IMPLANTA플O DA NOVA PROPOSTA CURRICULAR NO ESTADO DE S홒 PAULO
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS ASPECTOS ECONMICOS E CULTURAIS DE ITABAIANA GRANDE SE: DE VILA A GRANDE CENTRO COMERCIAL
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM A LEITURA CONCORRENDO COM A TECNOLOGIA: NO CONTEXTO DA ESCRITA, TEXTO E CRIA플O
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A LICENCIATURA EM MATEM햀ICA PREPARA O PROFESSOR PARA ENSINAR 핶GEBRA?
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO (DES)CONCEITUA합ES, IMPASSES E PERSPECTIVAS PARA AS PR햀ICAS DOCENTES NA ABORDAGEM DA DIVERSIDADE SEXUAL NA ESCOLA
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS EXPERINCIAS DO ACAMPAMENTO IRM DOROTHY STANG NA EDUCA플O POPULAR
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FORMA플O DOCENTE NA DIVERSIDADE ETNICO-RACIAL
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM VARIA플O LINGUSTICA NA PRODU플O ESCRITA ESCOLAR: UMA ABORDAGEM SOCIOLINGUSTICA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO PROPOSTA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA EM SOBRAL-CE ... ENTRE QUESTES TERICAS, HISTRICAS E CULTURAIS
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O TECNOLOGIA EDUCACIONAL: UM RECURSO DID햀ICO-PEDAGGICO NO MUNDO DO CONHECIMENTO
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO PLANEJAMENTO E PLANOS DE ENSINO: DESAFIOS DA COORDENA플O PEDAGGICA
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS PERCEP플O E EDUCA플O AMBIENTAL NO PARQUE NACIONAL SERRA DE ITABAIANA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO PLANO DE AULA COMO TERCEIRO NVEL DE CONCRE플O DO CURRCULO
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE JUVENTUDES E COTIDIANO: A ESCOLA COMO ESPAO DE ENTRECRUZAMENTOS ENTRE CULTURAS
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO FORMA플O DE PROFESSORES E OS MECANISMOS DE EFIC핧IA NA GEST홒 DA EDUCA플O
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A IMPORT헞CIA DA EDUCA플O AMBIENTAL NA ESCOLA NAS SRIES INICIAIS: UMA REALIDADE DO COLGIO ESTADUAL SENADOR JOS ALVES DO NASCIMENTO ARACAJU SERGIPE
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS RETALHOS DE UM ITINER핾IO FORMATIVO:(DES)CAMINHOS
24. EDUCA플O E SADE CURRCULO, INTERDISCIPLINARIDADE E EDUCA플O EM SADE: REFLEXES COM BASE EM SABERES E PR햀ICAS DE PROFESSORES ACERCA DO PAPILOMAVRUS HUMANO (HPV)
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM A VARIA플O LINGUSTICA NA TRILHA DA SUPERA플O EDUCACIONAL E IDENTIT핾IA DE GRUPOS MENOS PRIVILEGIADOS EM ITAPORANGA D묨JUDA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS MEMRIA: UM SUBSTRATO DO ESTUDO DA HISTRIA URBANA BRASILEIRA CONTEMPOR헞EA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS O PNAIC E SUA ATUA플O NA FORMA플O DOS PROFESSORES ALFABETIZADORES: UMA VIS홒 A PARTIR DOS COORDENADORES MUNICIPAIS E PROFESSORES ORIENTADORES DE ESTUDO POLO DE SOBRAL CE.
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO DESAFIOS ENTRE AS RELA합ES DE SABER COM AS RELA합ES DE PODER
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL O ENSINO DA HISTRIA DA ARQUITETURA COMO FORMADOR DE AGENTES DIFUSORES DO PATRIMNIO
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS O BRINCAR NA FORMA플O DE PROFESSORES DO PNAIC: UM CAMINHO PARA UMA PR햀ICA PEDAGGICA SIGNIFICATIVA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ETNOMATEM햀ICA E EDUCA플O AMBIENTAL A PARTIR DE PAULO FREIRE
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A CIBERCULTURA NA CULTURA ESCOLAR DO IFS
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS LEITURA NO ENSINO MDIO E ORIENTA합ES GOVERNAMENTAIS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA AULAS PR햀ICAS NO ENSINO DE BOT헞ICA: RELATO DE UMA EXPERINCIA NO CONTEXTO DO PIBID EM UMA ESCOLA DA REDE ESTADUAL EM ARACAJU, SE.
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A TECNOLOGIA E A FORMA플O DE PROFESSORES : ENTRAVS E PERSPECTIVAS
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS ENSINO DE HISTRIA: NOVAS POSSIBILIDADES A PARTIR DA EDUCA픈O PATRIMONIAL
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO UM ESTUDO SOBRE A IMPLANTA플O DA REFORMA CURRICULAR NO ESTADO DE S홒 PAULO: PRINCIPAIS DIFICULDADES APRESENTADAS PELO GRUPO GESTOR
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS MTODOS DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA ATUA플O DO PROFESSOR-EST핯I핾IO DE PSICOLOGIA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O NOVAS TECNOLOGIAS: AS POSSIBILIDADES DOS JOGOS ELETRNICOS EDUCACIONAIS
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O CONSIDERA합ES SOBRE PR햀ICAS PEDAGGICAS COM USO DO LAPTOP EDUCACIONAL EM SALA DE AULA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA FANZINES NAS AULAS DE CINCIAS: UMA EXPERINCIA DE ENSINO NA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS REABILITA플O PENAL: ATRIBUI합ES DO PEDAGOGO NO SISTEMA PENITENCI핾IO
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS COMPETNCIAS TICO-PEDAGGICAS NA RELA플O PROFESSOR-ALUNO
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS INSTITUI합ES ASSISTENCIAIS E O MOVIMENTO ESCOLANOVISTA NO BRASIL
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL AS LUTAS DE CLASSES E A QUEST홒 SOCIAL: O 밠OTOR PROPULSOR DAS PRIMEIRAS INSTITUI합ES DE FORMA플O EM SERVIO SOCIAL NO BRASIL
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS ASSISTENCIALISMO, ASSISTNCIA E A EDUCA플O: UM ESBOO SOBRE O SCULO XX
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL PROJETOS PEDAGGICOS: AN핶ISE DOS PRINCPIOS NORTEADORES DA FORMA플O PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS EDUCAR COM AS TECNOLOGIAS: OUTROS TEMPOS, OUTROS ESPAOS, OUTROS SABERES.
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS A LGICA CARTESIANA APLICADA 픓 AULAS EXPERIMENTAIS DE CINCIAS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EST핯IO DOCENTE: RELATOS DA EXPERINCIA NO ENSINO DE GEOGRAFIA
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS EDUCA플O AMBIENTAL EM ESPAOS N홒 FORMAIS: DIAGNSTICO DAS POSSIBILIDADES DE IMPLEMENTA플O DE A합ES NA COMUNIDADE DA RESINA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS JOGOS EDUCATIVOS CONTRIBUINDO PARA O ENSINO DE CINCIAS NO CONTEXTO DA EDUCA플O AMBIENTAL
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS O EST핯IO SUPERVISIONADO NA FORMA플O PEDAGGICA DO PROFESSOR DE MATEM햀ICA
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS PR햀ICA PEDAGGICA NA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOS ROLLEMBERG LEITE, ARACAJU, SE
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A UTILIZA플O DE JOGOS DID햀ICOS NA VIS홒 DOS PROFESSORES DE MATEM햀ICA NA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA PROGRAMA MAIS EDUCA플O: JOGOS E MATERIAIS MANIPULATIVOS NO ENSINO DA MATEM햀ICA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A MATEM햀ICA DA GASTRONOMIA: A VIS홒 DOS PROFESSORES E ALUNOS SOBRE A RELA플O INTERDISCIPLINAR.
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS PR햀ICA DOCENTE: UM OLHAR PARA O PROFESSOR PESQUISADOR
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL EDUCA플O SUPERIOR: DESAFIO E FORMA플O DE PROFESSORES NA BUSCA POR UMA EDUCA플O MELHOR
5. EDUCA플O E INF헞CIA O JOGO ENQUANTO ATIVIDADE PRINCIPAL DAS CRIANAS: POSSIBILIDADE METODOLGICA NA EDUCA플O FSICA
5. EDUCA플O E INF헞CIA O LDICO E A METODOLOGIA EDUCATIVA EM ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL (1 AO 3 ANOS)
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS PLANO PLURIANUAL DE EDUCA플O NO ESTADO DE SERGIPE: FORMA플O DE ALFABETIZADORES E COORDENADORES DE TURMAS CONDIZ REALIDADE DO SISTEMA PRISIONAL
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS TRILHANDO O CONHECIMENTO DE MUNDO: O PAPEL SOCIAL QUE O MUSEU DESEMPENHA NA FORMA플O DA IDENTIDADE CULTURAL DOS ALUNOS
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A CHEGADA DOS DESSEMELHANTES ESCOLA: UM NOVO OLHAR
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS MOBILIZA플O DOS CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCA플O DE RIO LARGO/AL: O PROJECTU DA PARTICIPA플O NA PROMO플O DA GEST홒 DEMOCR햀ICA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL POLTICAS PBLICAS DE AVALIA플O (ENADE 2006, 2009 E 2012) NO CURSO DE DIREITO: UMA AN핶ISE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NA AVALIA플O PARA OS CURSOS DE DIREITO DO BRASIL
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL CORRUP플O - UM OBST핧ULO AO DESENVOLVIMENTO ECONMICO
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE A DANA COMO RECONSTRU플O DE MEMORIAS E SUAS POSSIBILIDADES DE FORMA플O NA EDUCA플O ESCOLAR
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS OS IMPACTOS DO SISTEMA DE AVALIA플O DA EDUCA플O B핿ICA NA RELIDADE ESCOLAR.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EDUCA플O AMBIENTAL CRTICA: DA CONCEP플O PR햀ICA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O MODELO TPACK E A FUN플O DO PROFESSOR NO ENSINO DE LNGUAS ESTRANGEIRAS MEDIADO PELAS TIC
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO REFLEXES A RESPEITO DO CURRCULO: PARNTESE NECESS핾IO NO PROCESSO DE IMPLANTA플O DA NOVA PROPOSTA CURRICULAR NO ESTADO DE S홒 PAULO
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A HISTRIA ORAL COMO CAMINHO METODOLGICO: EXPERINCIAS DE PROFESSORAS EM FORMA플O SOBRE PESQUISAS NA EDUCA플O SUPERIOR E ENSINO FUNDAMENTAL
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A EDUCA플O CIENTFICA NOS TEMPOS DA BIOTCNICA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O PERSPECTIVAS SOBRE A ADO플O DO PROBLEM BASED LEARNING NO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO: REVIS홒 SISTEM햀ICA SOBRE OS RESULTADOS
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIA플O DOCNCIA: REVIS홒 DE LITERATURA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O CURTINDO E COMPARTILHANDO CONHECIMENTO: UMA AN핶ISE DAS P핯INAS DE BIOLOGIA MAIS E MENOS CURTIDAS NO FACEBOOK
4. EDUCA플O E INCLUS홒 FUNDAMENTOS DA EDUCA플O INCLUSIVA: TODO PROFESSOR PRECISA SER FORMADO PARA INCLUS홒
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O ENSINO DA TRIGONOMETRIA EM ESCOLAS PBLICAS DE ARACAJU - SE
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FORMA플O DE PROFESSORES LEITORES EM CURSOS DO PLANO NACIONAL DE FORMA플O DE PROFESSORES DA EDUCA플O B핿ICA (PARFOR): MEMRIAS DE LEITURA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL AS DEFICINCIAS NA FORMA플O PEDAGGICA DOS PROFESSORES DE DIREITO
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A DIMENS홒 SOCIOAMBIENTAL NA PERSPECTIVA DE EDUCADORES AMBIENTAIS DO MUNICPIO DE LAGARTO-SE
9. EDUCA플O E DIREITOS HUMANOS. EDUCA플O PARA A PAZ. O ENSINO RELIGIOSO COMO VIA PARA A CIDADANIA E CULTURA DE PAZ
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS AFETIVIDADE, RELA합ES VINCULARES E EDUCA플O
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A IMPORT헞CIA DA EXTENS홒 UNIVERSIT핾IA NA DIFUS홒 DO CONHECIMENTO: AN핶ISE DO DESENVOLVIMENTO DE A합ES NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO A INFLUNCIA DOS MEIOS MIDI햀ICOS NO CONTEXTO DA SEXUALIDADE UM CONTEDO A SER APONTADO EM SALA DE AULA
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS EDUCA플O INFANTIL DO CAMPO, A ESCOLA E AS CRIANAS PEQUENAS DO MST: AN핶ISE DE TRABALHOS DA DCADA 2002-2012.
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS A FORMAAO INICIAL DO PROFESSOR DE GEOGRAFIA E A SUA IDENTIDADE PROFISSIONAL: ALGUNS OLHARES
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS CULTURA PROFISSONAL DOS PROFESSORES: SABERES E FAZERES DA PROFISS홒
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO AVALIA플O DA APRENDIZAGEM SOB O OLHAR DOS ACADMICOS DO CURSO DE PEDAGOGIA EM ARRAIAS-TO
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICAS PBLICAS VOLTADAS PARA CONSTRU플O DA CIDADANIA AMBIENTAL NAS ESCOLAS ESTADUAIS DA BAHIA
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 ORIX핿 OBALUA E OMOLU: O PODER DOS SEUS MISTRIOS NA LAVAGEM DAS PROSTITUTAS DA RUA DO FOGO
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL ANSIEDADE EM M홂S DE BEBS PREMATUROS INTERNADOS
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO A AVALIA플O DA APRENDIZAGEM POSSUI DISCURSOS E LGICAS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS ESTADO E AS ORGANIZA합ES N홒 GOVERNAMENTAIS: IMPLICA합ES DA PARCERIA NAS PR햀ICAS EDUCATIVAS NO CONTEXTO ALAGOANO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O ASSDIO MORAL NAS REDES SOCIAIS: CONSIDERA합ES SOB O FOCO DA TICA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA CONSTRUINDO UM MODELO DE EDUCA플O CIENTFICA PARA UM PAS: REFLEXES SOBRE ENSINO DE CINCIAS EM TIMOR-LESTE COM A NECESSIDADE DE ENFOQUE CTS
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O CONHECIMENTOS E TRANSDICIPLINARIDADES NA WEB: MODOS DE VEICULAR SABERES
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL DOCNCIA NO ENSINO SUPERIOR: OS SABERES DOS PROFESSORES UNIVERSIT핾IOS DO CURSO DE CINCIAS BIOLGICAS DA UFS
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM A AUTONOMIA DO ALUNO, O INGLS COMO LNGUA DO MUNDO E O LIVRO DID햀ICO
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICAS PBLICAS DA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS NA BAHIA E NO MUNICPIO DE IREC: PRIMEIRAS IMPRESSES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS TRABALHANDO EDUCA플O AMBIENTAL ATRAVS DE PROJETO: UMA EXPERINCIA PARA CONSCIENTIZA플O DISCENTE
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS ANTES, DURANTE E DEPOIS: OS PROCESSOS CONSTITUTIVOS DA PR햀ICA PEDAGGICA E OS DESAFIOS DE SER PROFESSOR NA CONTEMPORANEIDADE
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM PR햀ICAS DE ENSINO DA LEITURA E DA ESCRITA NO PROGRAMA ALFA E BETO DE ALFABETIZA플O
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE FORMAS, CORES E DOCES:PROCESSO CRIATIVO EM ARTES VISUAIS COM MATERIAIS COMESTVEIS E FOTOGRAFIA DIGITAL
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A SALA DE RECURSOS COMO OPORTUNIDADE NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM TEATRAL
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE A PEDAGOGIA DA ENCENA플O NO ENSINO SUPERIOR
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE JUVENTUDE PERDIDA: REFLEXOS DA VIOLNCIA POR TORTUOSOS CAMINHOS DA EDUCA플O
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O RELATO DE EXPERINCIA CRIATIVA: USO DO STOP MOTION NAS AULAS DE ARTES COMO FERRAMENTA POTENCIALIZADORA DO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM
5. EDUCA플O E INF헞CIA PR햀ICAS DE LINGUAGEM ORAL NA EDUCA플O INFANTIL NA PERSPECTIVA DE LIPMAN: ESTUDO DE CASO COM CRIANAS DO MUNICPIO DE SERRA NEGRA DO NORTE/RN
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS DESAFIOS PARA LIDAR COM A INDISCIPLINA NAS AULAS DE EDUCA플O FSICA: PRIMEIRAS APROXIMA합ES
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS AVALIA플O EXTERNA DO RENDIMENTO ESCOLAR NO ESTADO DA BAHIA: AVALIA플O DIAGNSTICA DO ENSINO MDIO DE UMA ESCOLA DO MUNICPIO DA BAHIA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM POR UMA LINGUSTICA APLICADA CRTICA NAS AULAS DE PORTUGUS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS REFLEXES SOBRE CONHECIMENTO E A FORMA플O DO PROFESSOR
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL SABERES TRADICIONAIS NO SERT홒 ALAGOANO: A (DES) VALORIZA플O DE PLANTAS MEDICINAIS EM UMA COMUNIDADE QUILOMBOLA
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS SEMEANDO DISCUSSES: A DISCIPLINA 밇DUCA플O DO CAMPO NO CURSO DE PEDAGOGIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL FORMA플O DE EDUCADORES: UM GRANDE DESAFIO A SER VENCIDO PELOS DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O EDUCA플O, SUJEITO E COMUNICA플O NA ERA INFORMACIONAL
5. EDUCA플O E INF헞CIA FORMA플O SCIO MORAL: RELA합ES ENTRE A PROPOSTA DO RCNEI E AS PR햀ICAS ESCOLARES ENCONTRADAS NUMA SALA DE AULA DE EDUCA플O INFANTIL
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS UM MAPEAMENTO DOS PROFESSORES DE MATEM햀ICA DO MUNICPIO DE S홒 RAIMUNDO NONATO-PI
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS OS CONTOS DE FADAS E SUA RELA플O COM OS CONTEDOS PSQUICOS UNIVERSAIS E PARTICULARES: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O DISCURSO PEDAGGICO MODERNO EM ERASMO DE ROTTERDAM E COMENIUS E O NASCIMENTO DA FUN플O PEDAGOGIZANTE DA EDUCA플O
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS DE VOLTA AO PASSADO: TRAJETRIAS DE SERTANEJOS AO PERSEGUIREM SUA FORMA플O PROFESSORAL
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICAS PARA A EDUCA플O B핿ICA E O FINANCIAMENTO PBLICO: OS RECURSOS S홒 SUFICIENTES PARA A MANUTEN플O E DESENVOLVIMENTO DA EDUCA플O INFANTIL NO DISTRITO FEDERAL?
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A POLTICA EDUCACIONAL DO ESTADO DE ALAGOAS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL NAS DCADAS DE 1990 E 2000
9. EDUCA플O E DIREITOS HUMANOS. EDUCA플O PARA A PAZ. O ESTATUTO DA CRIANA E DO ADOLESCENTE: POSSIBILIDADE DE FORTALECIMENTO DA EDUCA플O EM DIREITOS HUMANOS E CONSTRU플O DA CIDADANIA NAS ESCOLAS DE EDUCA플O B핿ICA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A AQUISI플O DA COMPETENCIA GRAMATICAL E O MATERIAL DID햀ICO NA CULTURA DIGITAL EM E/LA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS BREVE DIAGNSTICO DA EDUCA플O AMBIENTAL NAS ESCOLAS DE ENSINO MDIO DO BAIRRO DE F햀IMA FORTALEZA / CE
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O PROCESSO DE ELABORA플O E REELABORA플O DE NOVAS ATIVIDADES PARA O ENSINO DE MATEM햀ICA EM UM GRUPO COLABORATIVO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA VIVNCIAS DO EST핯IO SUPERVISIONADO NO ENSINO DE CINCIAS: REFLETINDO SOBRE A FORMA플O INICIAL DE PROFESSORES
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A EDUCA플O INFANTIL NA REDE MUNICIPAL DE EDUCA플O DE MACEI: DESAFIOS E POSSIBILIDADES NA FORMA플O E ATUA플O DE PROFESSORES/AS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A COMPREENS홒 DAS PROFESSORAS DO PROGRAMA ALFABETIZA플O NA IDADE CERTA (PAIC) DA REDE PBLICA MUNICIPAL DE FORTALEZA SOBRE O ALFABETIZAR LETRANDO
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL QUALIDADE DA APRENDIZAGEM: REPRESENTA합ES SOCIAIS DE ESTUDANTES DOS PROGRAMAS DE PS-GRADUA플O STRICTO SENSU (MESTRADO) DA UEFS
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE JUVENTUDES: COMO SER JOVENS DE ASSENTAMENTOS RURAIS DA REFORMA AGR핾IA?
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS CONHECENDO A HIDROPONIA A PARTIR DA INICIATIVA DE PEQUENOS AGRICULTORES DA ASSOCIA플O 밄ROTAR SEMPRE E SUA RELA플O COM A EDUCA플O.
24. EDUCA플O E SADE A POLTICA DE SADE E A FORMA플O PARA O TRABALHO NO BRASIL E PORTUGAL - PERSPECTIVA HISTRICA
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS O CONHECIMENTO COTIDIANO EM FOCO: ALGUMAS REFLEXES
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A FORMA플O DOCENTE: APROXIMA합ES TERICAS PARA CONSTRU플O DE UMA POLTICA PBLICA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS UMA AN핶ISE SOBRE O SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO COM NFASE NA HUMANIZA플O
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM DEFICINCIA TEXTUAL: UM PROBLEMA ALM DAS ETAPAS INICIAIS
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICAS PBLICAS: UM OLHAR NO PROCESSO DE JUVENILIZA플O DA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS NA BAHIA
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL MEMRIA E REPARA플O: O MOVIMENTO FEMININO PELA ANISTIA NO BRASIL (1975-1979)
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL INF헞CIA E CONSUMO NA ERA DA CIBERCULTURA
5. EDUCA플O E INF헞CIA O ESTIMULO DA LEITURA E DO LETRAMENTO NA EDUCA플O INFANTIL: UM ESTUDO DE CASO REALIZADO NA BIBLIOTECA INFANTIL AGLA FONTES DE ALENCAR
4. EDUCA플O E INCLUS홒 EDUCA플O INCLUSIVA NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM: O AUTISMO NA ESCOLA EMEF ARTHUR BISPO DO ROS핾IO EM ARACAJU/SE
24. EDUCA플O E SADE PROGRAMA DE ALIMENTA플O ESCOLAR (PNAE): UM ESTUDO DE CASO NAS E.M.E.F. M DA GLORIA MACEDO E JUSCELINO KUBITSCHEK
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS BANCA E AULA PARTICULAR: PR햀ICAS PEDAGGICAS EXTRACURRICULARES DISTINTAS
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM O ENSINO DA LEITURA E DA PRODU플O TEXTUAL NO CAMPUS ARAPIRACA DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS: PESQUISA E INTERVEN플O
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS LEI 11.982/08 CRIA플O DOS INSTITUTOS FEDERAIS UM ENSINO POLITCNICO?
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O USO DO COMPUTADOR NA ESCOLA: UM OLHAR CRTICO PARA A UTILIZA플O DO GEOGEBRA
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO EDUCA플O PROFISSIONAL FEMININA: UMA AN핶ISE DO PROGRAMA MULHERES MIL NO IFS - CAMPUS LAGARTO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O USO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMA플O E COMUNICA플O NA EDUCA플O NO ENSINO SUPERIOR: ESTRATGIAS E DESAFIOS
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS ESTMULOS A EDUCA플O EMPREENDEDORA EM TEMPOS DE CRISE ECONMICA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO AS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCA플O ESCOLAR QUILOMBOLA: ENTRE PONTOS DE VISTA E AS VISTAS SOBRE O 밣ONTO
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL CONTRIBUI합ES PARA POLTICAS DE PERMANNCIA NA EDUCA플O SUPERIOR: O PERFIL DO ALUNO MADURO.
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL REFLEXES SOBRE AS ESCOLHAS PROFISSIONAIS: O (DES)PRESTGIO DA CARREIRA DOCENTE?
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A IMPORT헞CIA DA FORMA플O DO PROFESSOR FRENTE AO AUTISMO: ESTRATGIAS EDUCATIVAS ADAPTADAS
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O CONTRIBUI합ES DAS TIC NO ENSINO APRENDIZAGEM DE LINGUA INGLESA: RELATO DE EXPERINCIA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A FORMA플O INICIAL DE PROFESSORES DE MATEM햀ICA EM SERGIPE EM RELA플O DEFICINCIA AUDITIVA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ARGUMENTA합ES DE PROFESSORES SOBRE A REPRESENTA플O GR핮ICA DAS FUN합ES AFINS
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO EDUCA플O SEXUAL NA ESCOLA: REFLEXES SOBRE A INTENCIONALIDADE DESSA PROPOSTA
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS AVALIA플O DA APRENDIZAGEM: DO CASTIGO AO DIAGNSTICO
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 O PAPEL DE UM COLGIO INDGENA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O FACEBOOK COMO ESPAO DE COLABORA플O NA PR햀ICA DOCENTE EM ARQUITETURA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM A AULA DE LEITURA NA EJA: OS ENCAMINHAMENTOS DID햀ICOS NAS/DAS AULAS DE LEITURA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA USO DE APLICATIVOS EDUCACIONAIS PARA O ENSINO DE QUMICA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O AS REDES SOCIAIS COMO TERRITRIO PARA A EDUCA플O AMBIENTAL: INSPIRA합ES EPISTEMOLGICAS DESDE HUMBERTO MATURANA E ETIENNE WENGER
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA CONTRIBUI합ES DA TEORIA DO ENSINO DESENVOLVIMENTAL DE DAVYDOV PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DA ESTATSTICA
21. MESTRADO PROFISSIONAL, PESQUISA APLICADA NO ENSINO E NA SALA DE AULA ELABORA플O DE JOGO DID햀ICO 밅ONSTRUBUSINESS: A CADEIA PRODUTIVA DA CONSTRU플O CIVIL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PR햀ICAS ANTIGAS, NOVOS DEBATES: O USO DE METODOLOGIAS ATIVAS NO PROCESSO DE ENSINAGEM
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS TRABALHO E EDUCA플O: O ESPAO DA MULHER NEGRA EM TEMPO DE REETRUTURA플O PRODUTIVA
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE A IMPORT헞CIA DOS INSTITUTOS FEDERAIS NA EDUCA플O TECNOLOGICA DO BRASIL
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 LI합ES DE CATECISMO:BREVE RECONSTRU플O HISTRICA DO PROCESSO DE FORMA플O DAS MENTALIDADES ATRAVS DA IGREJA CATLICA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM ENTONA플O E REPETI플O NO FUNCIONAMENTO DA RASURA ORAL: A ESCRITA COLABORATIVA DE UMA DADE DE ALUNOS DO SEGUNDO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO O SABER MDICO HIGIENISTA E O CURRCULO DA ESCOLA PRIM핾IA NA PRIMEIRA METADE DO SCULO XX
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE CONSIDERA합ES, CONCEP합ES E PERSPECTIVAS DOS ALUNOS REFERENTES AO ENSINO DE ARTES: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE DUAS ESCOLAS PBLICAS DA BAHIA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL POR UMA FORMA플O PROFISSIONAL EM SERVIO SOCIAL NA BUSCA DE ACOMPANHAR OS NOVOS TEMPOS
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS PREPARA플O, ESCOLHAS E EXPECTATIVAS DE ALUNOS DE PR VESTIBULAR PBLICO DE ARACAJU.
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ENSINO, APRENDIZAGEM E DIFICULDADES EM MATEM햀ICA: UM PROCESSO HISTRICO
24. EDUCA플O E SADE A FONOAUDIOLOGIA COMO PARCEIRA NA INTERDISCIPLINARIDADE ENTRE SADE E EDUCA플O: UMA PROPOSTA DE ATUA플O
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A DEMOCRACIA NA ESCOLA - UM OLHAR RUMO A UMA EDUCA플O CIDAD
4. EDUCA플O E INCLUS홒 SURDEZ E LETRAMENTO: UMA DISCUSS홒 SOCIAL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EDUCA플O AMBIENTAL E PR햀ICA EDUCACIONAL
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL CONSTRU플O DE UMA PR햆IS PROFISSIONAL EMANCIPADORA: REFLEXES SOBRE A RELA플O TEORIA-PR햀ICA
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL POLTICA HABITACIONAL E CRESCIMENTO DA PERIFERIA EM ARACAJU
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS A IMPORT헞CIA DA EDUCA플O NA FORMA플O DO ESPAO
24. EDUCA플O E SADE AN핶ISE DA PREVALNCIA DAS DIFICULDADES DE LEITURA EM ESCOLARES DO ENSINO FUNDAMENTAL I: ESTUDO EXPLORATRIO
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS SANTO AMARO DA PURIFICA플O: CLARA NECESSIDADE DE ARTICULA플O DAS POLTICAS DE DEMOCRATIZA플O DA EDUCA플O SUPERIOR E A FORMA플O NO ENSINO MDIO
5. EDUCA플O E INF헞CIA DISCULTINDO APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO DA CRIANA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A INFLUNCIA DO LDICO NAS AULAS DE CINCIAS SEGUNDO AS CONCEP합ES DE ALUNOS DO 6 ANO DE UMA ESCOLA NO MUNICPIO DE S홒 CRISTOV홒
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS CONTRIBUI합ES PARA AS PR햀ICAS PEDAGGICAS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE ESTUDANTES DE MEIOS POPULARES
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O REALIDADE TRANSMIDI햀ICA: A EMINENTE UTILIZA플O DAS NARRATIVAS TRANSMDIA NO CONTEXTO ATUAL
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS EDUCA플O E ESCRAVISMO EM JORNAIS ACADMICOS DO SCULO XIX
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL ACADEMIA DE DIREITO DE S홒 PAULO: HERANAS E REMINISCNCIAS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS O INDITO-VI햂EL NA FORMA플O CONTINUADA DE PROFESSORES DA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS AS DIFICULDADES E DESAFIOS DE JOVENS PROFESSORES DE EDUCA플O FSICA: O QUE ENFRENTAM OS DOCENTES EM INCIO DE CARREIRA NO ESTADO DE SERGIPE?
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS MOVIMENTOS SOCIAIS E EDUCA플O CONTEXTUALIZADA NO SEMI핾IDO BAIANO: VIVNCIAS E PR햆IS EM UM ASSENTAMENTO SEM TERRA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 CULTURA E IDENTIDADE SURDA: A LIBRAS COMO INSTRUMENTO DE INCLUS홒
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA CONTRIBUI합ES DO ENSINO DE CINCIAS PARA A FORMA플O DA TICA ANIMAL
4. EDUCA플O E INCLUS홒 ENSINO DE FUN합ES PARA ALUNOS SURDOS DA 1 SRIE DO ENSINO MDIO: NARRATIVAS EM LIBRAS NO PENSAMENTO MATEM햀ICO.
9. EDUCA플O E DIREITOS HUMANOS. EDUCA플O PARA A PAZ. A HUMANIZA플O EM PAULO FREIRE COMO VOCA플O ONTOLGICA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM AS POSSIBILIDADES DO TEXTO LITER핾IO NO LDP: REFLEXES SOBRE UMA PROPOSTA COM O GNERO CONTO DE FADAS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EXAMES E EXAMINADORES ALAGOANOS NOS ANOS DE 1920 NA PERSPECTIVA DE CRAVEIRO COSTA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS IDENTIDADES DISSOCIAIS
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS EXEMPLO 2
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS DI핶OGOS EM SALA DE AULA: A CONTRIBUI플O DE GADAMER NA PR햀ICA DOCENTE
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS O CEN핾IO DA MODERNIDADE E A ESCOLA PARA O POVO: AS REPRESENTA합ES SOCIAIS QUE PROFESSORES TM SOBRE NEGRITUDE
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ABORDAGEM DE OPERA합ES COM NMEROS RACIONAIS POR MEIO DO JOGO VARAL DOS RACIONAIS
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS 밠ERENDA ESCOLAR: PERCEP합ES DE GESTORAS DA REDE MUNICIPAL DE EDUCA플O DE S홒 CRISTV홒/SE
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS PROGRAMA BOLSA FAMLIA E EDUCA플O: UM ESTUDO SOBRE O DESEMPENHO ESCOLAR E A SUA RELA플O COM A FREQUNCIA OBRIGATRIA, A PARTIR DO NDICE DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCA플O B핿ICA (IDEB) .
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS FORMANDO SUJEITOS A PARTIR DA AVALIA플O: REFLEXES PRELIMINARES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A RELA플O DOS ALUNOS COM A ESCOLA: UMA AN핶ISE DA PERSPECTIVA NO EDUCANDO
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO JUVENTUDE E SEXUALIDADE NA ESCOLA: A REAFIRMA플O DA IMPORT헞CIA DA FORMA플O CONTINUADA DE PROFESSORES ATRAVS DA VIVNCIA DE CURSOS DE EXTEN플O EAD
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO AVALIA플O NA EJA: CONCEP합ES E PERSPECTIVAS PARA CONSTRU플O DA AUTONOMI DOS SUJEITOS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA UMA INVESTIGA플O SOBRE ERROS COMETIDOS POR ALUNOS DO 7 ANO DE ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ARACAJU/SE AO RESOLVER PROBLEMAS ENVOLVENDO EQUA합ES DO 1 GRAU
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS AS CONTRIBUI합ES DO BRINCAR NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE CRIANAS COM TDAH: UMA OBSERVA플O NA BRINQUEDOTECA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS MANIFESTA합ES DA PROFESSORALIDADE NAS NARRATIVAS DE PROFESSORES EM EXERCCIO: RESSON헞CIAS NO ENSINO DE CINCIAS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ESTRATGIAS ADOTADAS PELOS ALUNOS DO 7 ANO DA GRANDE ARACAJU NA RESOLU플O DE PROBLEMAS MATEM햀ICOS COM E SEM O USO DE MATERIAIS MANIPUL햂EIS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A METACOGNI플O NO ENSINO DE CINCIAS: UMA PROPOSTA PARA GRADUANDOS DE PEDAGOGIA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS COMO E PORQUE APRENDI LER OS GNEROS ACADMICOS
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A FORMA플O DE DOCENTES DA EDUCA플O SUPERIOR: ENLACES E DESENLACES EM SEUS PERCURSOS ACADMICOS
4. EDUCA플O E INCLUS홒 O OLHAR DA FAMLIA SOBRE A INCLUS홒 ESCOLAR DA CRIANA COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO (TEA)
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCA플O: AN핶ISE SOBRE A PR햀ICA CONT핦IL
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS NARRANDO A HISTRIA DAS DESCOBERTAS COM LEITURA E DA ESCRITA NA MINHA VIDA
24. EDUCA플O E SADE SNDROME DE BURNOUT: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE PROFESSORES DAS REDES PBLICA E PRIVADA DE ARACAJU-SE
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FALTAVA UMA PEDRA NO MEU CAMINHO: A HISTRIA DA LEITURA NA MINHA VIDA
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO IDENTIDADES SOCIAIS NOS MATERIAIS DID햀ICOS: O GNERO EM DISCUSS홒.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O TEXTO DE DIVULGA플O CIENTFICA NAS AULAS DE LNGUA PORTUGUESA: UMA EXPERINCIA EXITOSA
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL MULHERES CAMPONESAS E POLTICAS SOCIAIS: AN핶ISE DA TRAJETRIA DE LUTA PELA EQUIDADE DE GNERO NO CAMPO EM SERGIPE
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA DA PR햀ICA AO EST핯IO SUPERVISIONADO: O CASO DA LICENCIATURA EM MATEM햀ICA DA UFS (1972-2009)
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O GEOGEBRA NA AN핶ISE DO CRESCIMENTO E DECRESCIMENTO DE UMA FUN플O AFIM.
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O AS NOVAS TECNOLOGIAS X A COMPREENS홒 LEITORA PELO PIBID
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS CAMINHOS E DESCAMINHOS IMBRICADOS JUNTO PRODU플O DE CONHECIMENTO: ALGUMAS DIFICULDADES COMUNS DOS PESQUISADORES DA PS-GRADUA플O EM EDUCA플O
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO A MANIPULA플O DO IMAGIN핾IO SOCIAL E AS RELA합ES DE PODER: DA REPRESENTA플O DA IMAGEM FEMININA A CONSTRU플O DE IDENTIDADE
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O USO DAS TIC NO ENSINO DE MATEM햀IA: UMA ABORDAGEM NA CONSTRU플O DO PENSAR.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS CONTRIBUI합ES DA TEORIA DO ENSINO DESENVOLVIMENTAL PARA O ENSINO DE ARTE
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS CAD O DINEHEIRO QUE ESTAVA AQUI? AN핶ISE DOS RECURSOS DO FUNDEB NOS MUNICIPIOS DO ESTADO DE SERGFIPE, 2008 A 2014
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA CONCEP합ES ALTERNATIVAS DE CINCIA E TECNOLOGIA PRESENTES NAS FRANQUIAS CINEMATOGR핮ICAS.
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM A LEITURA NA ERA DIGITAL: REFLEXOES SOBRE AS MUDANAS E IMPLICA합ES PARA O ENSINO DA LNGUA
5. EDUCA플O E INF헞CIA O TEMPO E O ESPAO NAS INSTITUI합ES DE EDUCA플O INFANTIL: UMA REFLEX홒 SOBRE AS CONTRIBUI합ES PARA O DESENVOLVIMENTO DAS CRIANAS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A POLITICIDADE DA EDUCA플O: UMA CONTRIBUI플O TERICA E DID햀ICO-PEDAGGICA DE PAULO FREIRE AO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O PROGRAMA MAIS EDUCA플O: UMA REFLEX홒 A CERCA DA INCLUS홒 DIGITAL NA ESCOLA ESTADUAL MARIA DE LOURDES SILVEIRA LEITE.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O USO DOS JOGOS DID햀ICOS DO CEEL ADOTADOS PELO PROGRAMA ALFABETIZA플O NA IDADE CERTA EM TURMAS DE 1. E 2. ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL PBLICO MUNICIPAL DE FORTALEZA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O LIBRAS COMO INTERFACE NO ENSINO DE MATEM햀ICA PARA SURDOS
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS: ENFRENTANDO O ESVAZIAMENTO ESCOLAR ATRAVS DO PROTAGONISMO ESTUDANTIL
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS A IMPORT헞CIA DO MOVIMENTO NEGRO E A합ES AFIRMATIVAS PARA A DESNATURALIZA플O DO RACISMO: UMA REFLEX홒 SOBRE A LEI 10.639 DE 2003
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL AUTONOMIA PROFISSIONAL E SERVIO SOCIAL: DESAFIOS COTIDIANOS
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO APROXIMA플O DA EDUCA플O ALTERNATIVA A P핾TIR DA LEGISLA플O
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL COTIDIANO: A PR햀ICA SOCIAL DO ASSISTENTE SOCIAL
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS PROJETO PIBID: APRENDIZAGEM, FORMA플O E DOCNCIA, EM PROL DO ENSINO DO ESPANHOL EM SERGIPE
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS RELATO DE EXPERINCIA: PR햀ICAS EDUCATIVAS EM HOSPITAL GERAL
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS UMA PERSPECTIVA PARA A INOVA플O DO ENSINO MDIO BRASILEIRO: PROMOVENDO IDENTIFICA플O PROFISSIONAL
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS PR햀ICAS EDUCACIONAIS NA COMUNIDADE DO CASTAINHO: INTEGRANDO UM PROJETO PEDAGOGICO ALTERNATIVO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA EDUCA플O AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE NO SEMI핾IDO
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS IDENTIDADE TNICA E EDUCA플O: UMA LEITURA DA IMPLEMENTA플O DA LEI 10.639/2003 NA REDE PBLICA ESTADUAL DE ENSINO DE SERGIPE
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS O SERTANEJO E SUA VIS홒 DA CAATINGA ATRAVS DA EDUCA플O AMBIENTAL
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS IMPRESSES SOBRE AS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM E POSSVEIS ESTRATGIAS HUMANIZADAS DE SUPERA플O SOB O PONTO DE VISTA DE LICENCIANDOS DO CURSO DE PEDAGOGIA
24. EDUCA플O E SADE O SUICDIO NA SOCIEDADE CONTEMPOR헞EA: UMA AN핶ISE DA PR햀ICA SUICIDA SOB O VIS DA ECOLOGIA SOCIAL
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE FORMA플O ESTTICA DO PROFESSOR: A ARTE NO CURSO DE PEDAGOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEAR
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS O SISTEMA DE COTAS:UMA POLITICA DE A플O AFIRMATIVA
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS AS CONTRIBUI합ES DE THOMAS KUHN PARA A EDUCA플O: A IMPORT헞CIA DAS CRISES E DAS REVOLU합ES CIENTFICAS PARA O SURGIMENTO DE UM NOVO PARADIGMA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS DIFICULDADES DE APRENDIZAGENS DOS CONTEDOS MATEM햀ICOS EM UMA COMUNIDADE CARENTE
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL "VAI VER홒, VEM VER홒": A CONDI플O FEMININA NO DISCURSO DA CERVEJA ITAIPAVA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL TRAJETOS FORMATIVOS E ENSINO SUPERIOR: O PERFIL SOCIOEDUCACIONAL DE ESTUDANTES DE PEDAGOGIA DA UFPE/CAA
21. MESTRADO PROFISSIONAL, PESQUISA APLICADA NO ENSINO E NA SALA DE AULA UM 멣ALTO ALTO NA ESCOLA: E-LABOR-A플O COLABORATIVA DE MATERIAL PEDAGGICO SOBRE SEXUALIDADES NEGADAS POR/PARA PROFESSORES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A DISCIPLINA TEORIAS EDUCACIONAIS ENQUANTO AUXILIADORA NO PROCESSO DE FORMA플O DO DOUTOR EM EDUCA플O DA UNIVERSIDADE TIRADENTES
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O FORMA플O INICIAL DE PROFESSORES EM CONTEXTOS DE CIBERCULTURA: UM OLHAR SOBRE PIBID NA UFS E UESB
21. MESTRADO PROFISSIONAL, PESQUISA APLICADA NO ENSINO E NA SALA DE AULA DE 멣ALTO ALTO NA ESCOLA: E-LABOR-A플O COLABORATIVA DE MATERIAL PEDAGGICO SOBRE SEXUALIDADES NEGADAS POR/PARA PROFESSORES
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS MEDIA플O ENTRE CONHECIMENTO CIENTFICO E CONHECIMENTO COTIDIANO NA ESCOLA: IMPORT헞CIA NA RELA플O PROFESSOR-ALUNO
4. EDUCA플O E INCLUS홒 EDUCA플O MATEM햀ICA INCLUSIVA: ATIVIDADES DO PIBID UFS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS LIXO ELETRNICO:ARTICULA플O COM A FORMA플O PROFISSIONAL
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O FORMA플O DOCENTE A DIST헞CIA EM CURSO DE GRADUA플O PROMOVIDO PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS (UFAL): UMA AN핶ISE DO PERFIL DO EGRESSO NO PERODO DE 2008
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE OS JOVENS E A MAIORIDADE PENAL: A ESCOLA ENQUANTO UMA ALTERNATIVA?
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS OS PRINCPIOS DOS MATERIAIS DID햀ICOS E A PROPOSTA DE UNI홒 ENTRE LNGUA, LITERATURA E PRODU플O TEXTUAL NO ENSINO DE E/LA
5. EDUCA플O E INF헞CIA INCIDNCIAS DE MUTA합ES CULTURAIS NO BRINCAR CONTEMPOR헞EO E IMPLICA합ES NA APRENDIZAGEM
24. EDUCA플O E SADE PERFIL DE ALTERA합ES ORTOGR핮ICAS NO ENSINO FUNDAMENTAL I: UM ESTUDO EXPLORATRIO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O CAPIT홂S DA AREIA E SUAS POSSIBILIDADES EXPANSIVAS POR MEIO DE ELEMENTOS DA NARRATIVA TRANSMDIA
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS 밢 TEMPO N홒 PARA: REFLEXES ACERCA DA CARGA HOR핾IA DO ENSINO DE SOCIOLOGIA NO ENSINO MDIO.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS UTILIZA플O DE MTODOS ALTERNATIVOS PARA PROMO플O DA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA DE ASSUNTOS RELACIONADOS AO CORPO HUMANO NO ENSINO FUNDAMENTAL
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FORMA플O DOCENTE: O PROFESSOR COMO PROFISSIONAL REFLEXIVO
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS 밣IBID COMO OFICINA DE CLIO: EXPERINCIA DA UTILIZA플O DE JOGOS EDUCATIVOS NO ENSINO DE HISTRIA DA CIDADE E EDUCA플O PATRIMONIAL
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL OS NDIOS EM EXPOSI플O: ANALISE DO INVENT핾IO DE ALGUMAS EXPOSI합ES DO MUSEU DO HOMEM SERGIPANO
9. EDUCA플O E DIREITOS HUMANOS. EDUCA플O PARA A PAZ. EDUCA플O EM DIREITOS HUMANOS: ITINER핾IO BRASILEIRO
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE O ENSINO MDIO, A QUALIFICA플O E AS COMPETNCIAS: OS JOVENS E O MERCADO DE TRABALHO GLOBALIZADO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ARGUMENTOS UTILIZADOS NO ENSINO DA "DIVIS홒 DE FRA합ES"
24. EDUCA플O E SADE ATIVIDADES LDICAS: CONTRIBUTO PARA A DIMINUI플O DA OBESIDADE INFANTIL
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 DIALOGO ENTRE O ENSINAMENTO ANCESTRAL DO "VIVIR BIEN" E OS SABERES DO YOGA DENTRO DO MOVIMENTO HARE KRISHNA - VIDA SIMPLES E PENSAMENTO ELEVADO: CONTRIBUI합ES PARA A LUTA CONTRA-HEGEMNICA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS SENTIDOS DA EDUCA플O INTEGRAL: ENUNCIADOS PRODUZIDOS EM UMA REALIDADE ESCOLAR DE TEMPO INTEGRAL
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS OFICINA DE CLIO
4. EDUCA플O E INCLUS홒 UMA PONDERA플O DAS CONTRIBUI합ES DE DEWEY, MONTESSORI E VIGOTSKI PARA A EDUCA플O DAS CRIANAS COM ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTA플O
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE EDUCA플O E SEU PROCESSO EPISTEMOLGICO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O EDUCA플O E AS NOVAS TECNOLOGIAS, UMA COMBINA플O NECESS핾IA AOS NOVOS TEMPOS
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM ENSINO DE LEITURA NA AULA DE LNGUA PORTUGUESA NO ENSINO FUNDAMENTAL
24. EDUCA플O E SADE O CONTEDO ESPORTE E SUAS POTENCIALIDADES NO ESPAO ESCOLAR: UMA FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O PAPEL DO ENSINO DO ESPANHOL NA ESCOLA PBLICA: UMA EXPERINCIA PIBID
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EDUCA플O E A합ES AFIRMATIVAS: PR햀ICA EDUCATIVA NA RESSIGNIFICA플O E CONSTRU플O DE IDENTIDADES ETNICORRACIAIS
5. EDUCA플O E INF헞CIA KARAT NAS AULAS DE EDUCA플O FSICA: CONTRIBUI합ES PARA A CONSTRU플O DOS VALORES TICOS E MORAIS DAS CRIANAS DO COLGIO INTEGRADO AGES
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO A DESIGUALDADE DE GNERO E A EDUCAC홒 NOS PENSAMENTOS DE PESTALOZZI E DE ROUSSEAU
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO AVALIA플O INSTITUCIONAL: UMA NESSECIDADE PARA QUALIDADE NA PR햀ICA ESCOLAR
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O LIMITES E POSSIBILIDADES PARA O USO DAS TIC: UMA AN핶ISE DE ESCOLAS DO CAMPO NO MUNICPIO DE PIRANHAS AL
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A QUALIDADE DO ENSINO SUPERIOR DIST헞CIA: UMA AN핶ISE NO SERT홒 ALAGOANO
4. EDUCA플O E INCLUS홒 INICIATIVAS DE ACESSIBILIDADE NO ENSINO SUPERIOR: INFORMA합ES, EM LIBRAS, SOBRE O CURSO DE PEDAGOGIA DA UFAL / CAMPUS DE ARAPIRACA
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS EDUCA플O DO CAMPO E O CONTEXTO DAS CLASSES MULTISSERIADAS: UM OLHAR A PARTIR DO PROJETO POLTICO PEDAGGICO DA ESCOLA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM O ENSINO DA LEITURA COMO CONSTRU플O TEXTUAL-INTERATIVA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS VIVENDO A PR햆IS: QUAL A IMPORT헞CIA DA DISCIPLINA EST핯IO SUPERVISIONADO PARA A FORMA플O INICIAL DOCENTE NO CURSO DE LICENCIATURA EM CINCIAS BIOLGICAS?
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS AVALIA플O NA ESCOLA: CONCEP합ES E REFLEXES DO ATO DE AVALIAR
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PERSPECTIVAS DA PR햀ICA DE EDUCA플O AMBIENTAL: O OLHAR DOS DOCENTES DA ESCOLA MUNICIPAL PRESIDENTE TANCREDO NEVES
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE A ESCOLA NA PERCEP플O DOS JOVENS: ASPECTOS HISTRICOS, FSICOS E SOCIOCULTURAIS.
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL CONCEP합ES DE FORMA플O E DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NAS REPRESENTA합ES DOS DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS INDISCIPLINA NA SALA DE AULA: UM OLHAR CRITICO SOBRE O TEMA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS EST핯IO DOCENTE E ENSINO DE GEOGRAFIA: O PERCURSO ESSENCIAL NA FORMA플O DO PROFESSOR
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ETNOMATEM햀ICA NA FORMA플O DE GRADUANDOS EM LICENCIATURA EM MATEM햀ICA DE UMA INSTITUI플O PBLICA
24. EDUCA플O E SADE REPENSANDO NOVOS PROCESSOS DE APRENDIZAGEM NA FORMA플O DOS PROFISSIONAIS DA SADE A PARTIR DA AUTOPOIESE
24. EDUCA플O E SADE A EDUCA플O EM SADE : DESAFIOS E PERSPECTIVAS SOBRE A IMPLICA플O DA DOENA FALCIFORME PARA O CONTEXTO FAMILIAR
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO A 밆EMONIZA플O DA MULHER NO ALMANACK DE SERGIPE (1929-1930)
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA AS RELA합ES CINCIA-TECNOLOGIA-SOCIEDADE NOS TEXTOS COMPLEMENTARES DOS LIVROS DE CINCIAS
4. EDUCA플O E INCLUS홒 AN핶ISE DE ALGUNS CONCEITOS TERICOS EM EDUCA플O INCLUSIVA E A PERCEP플O DE PROFESSORES DE ARTES EM TRS ESCOLAS PBLICAS DE SALVADOR/BA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A INFLUNCIA DO PIBID NO PROCESSO DE FORMA플O INICIAL: INTERFACES DO PROGRAMA COMO POLTICA PBLICA DE INCENTIVO E DE VALORIZA플O DOCENCIA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O PORQU DO ENSINA DE MATEM햀ICA NAS SRIES INICIAIS, ALGUMAS CONSIDERA합ES
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS UMA INVESTIGA플O DOS TRABALHOS NO CAMPO DA HISTRIA DA EDUCA플O: ABRINDO A ENCICLOPDIA밫HESOURO DA JUVENTUDE.
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A ATUA플O DOS BOLSISTAS DO PIBID-MATEM햀ICA/UFS EM ESCOLAS DA REDE ESTADUAL: SOB A PERSPECTIVA DOS ALUNOS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PR햀ICAS EDUCATIVAS PARA A TERCEIRA IDADE ATRAVS DE MEMRIAS E TRADI합ES CULTURAIS: CASO NUPATI/UFS
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 A FESTA DE S홒 JOS, DO BAIRRO VILA NOVA, FRANCISCO BELTR홒/PR: A PEDAGOGIA DO ESTAR JUNTO
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO A JORNADA PEDAGGICA COMO INSTRUMENTO DE GEST홒 ESCOLAR PARTICIPATIVA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM O PAPEL DA CONSCINCIA FONOLGICA E DO ENSINO EXPLCITO DAS RELA합ES LETRA-SOM PARA A AQUISI플O DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABTICA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA COMPREENS홒 RELACIONAL E COMPREENS홒 INSTRUMENTAL EM TERMOS GLOBAIS
4. EDUCA플O E INCLUS홒 INCLUS홒 DE ESTUDANTES COM DEFICINCIA NO ENSINO REGULAR: CONCEP합ES DE PROFESSORES DE UMA ESCOLA PBLICA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A CONVERSA플O NA INCLUS홒 ESCOLAR DA PESSOA AUTISTA: UMA CONTRIBUI플O DA PSICAN핶ISE
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O AS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E A EDUCA플O ESPECIA: UMA ABORDAGEM SOBRE DEFICINCIA FSICA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS OS IMPACTOS DOS PROGRAMAS DE PESQUISA INICIA플O CIENTFICA E PIBID E NO DESEMPENHO DO FUTURO DOCENTE DA LICENCIATURA EM MATEM햀ICA DO IFCE, CAMPUS FORTALEZA.
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS OS FILHOS DA VIOLNCIA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 CURSO DE PEDAGOGIA: GNESE DA IMPLANTA플O DA LNGUA BRASILEIRA DE SINAIS COMO DISCIPLINA CURRICULAR OBRIGATRIA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO A GEST홒 DEMOCR햀ICA PARTICIPATIVA E A DIN헜ICA DAS REPRESENTA합ES ESTUDANTIS EM UM COLGIO DE ENSINO MDIO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A SEQUNCIA FEDATHI E O USO DE DOBRADURAS: RECURSO PEDAGGICO NO ENSINO DA GEOMETRIA PLANA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A EDUCA플O AMBIENTAL CRTICO-HUMANIZADORA NA FORMA플O INICIAL DE PROFESSORES DE BIOLOGIA NAS INSTITUI합ES DE EDUCA플O SUPERIOR DO RECIFE
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 VALORES RELIGIOSOS E CULTURAIS NO ENSINO DA HISTRIA: A TICA DOS PROFESSORES DO ENSINO MDIO NO MUNICPIO DE ARAU/SE.
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO CURRCULO E CONCEP합ES
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A DISCIPLINA 밚NGUA PORTUGUESA NA MODALIDADE ESCRITA COMO SEGUNDA LNGUA NO ENSINO SUPERIOR E A EDUCA플O BILNGUE PARA PESSOAS SURDAS
5. EDUCA플O E INF헞CIA PROJETO DE ENSINO-PESQUISA-EXTENS홒 밚ABORATRIO DE CIDADANIA MIRIM: O DESENVOLVIMENTO DA CIDADANIA NA INF헞CIA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O SER E O FAZER-SE DOCENETE: RELATOS E MEMRIAS EXPERIENCIADAS PELA PROFESSORA MAURA FONTES HORA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS PR햀ICAS COMO COMPONENTES CURRICULARES E AVALIA플O NA FORMA플O DE PROFESSORES DE BIOLOGIA: UM ESTUDO A PARTIR DO PROJETO PEDAGGICO DE CURSO
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL O ESPAO URBANO DE ARACAJU E O ROMANCE OS CORUMBAS: RELA플O ENTRE GEOGRAFIA E LITERATURA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM LETRAMENTO E DIVERSIDADE TEXTUAL: UMA AN핶ISE DOS GNEROS TEXTUAIS PRESENTES NO LIVRO DID햀ICO PORTA ABERTA LETRAMENTO E ALFABETIZA플O
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O TECNOLOGIAS DA INFORMA플O E COMUNICA플O NA EDUCA플O: POSSIBILIDADES DE EMANCIPA플O E/OU REGULA플O
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS O ENSINO FUNDAMENTAL II EM GEOGRAFIA: CONSIDERA합ES SOBRE AVALIA플O
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ENSINO DE FSICA MODERNA: PERSPECTIVAS E DESAFIOS SOB O OLHAR DE ALGUNS PROFESSORES DE FSICA DO ENSINO MDIO
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM LETRAMENTO, LEITURA E LITERATURA EM QUARTO DE DESPEJO
5. EDUCA플O E INF헞CIA ESCOLA DA INF헞CIA: CONSTRUINDO CAMINHOS DE DEMOCRATIZA플O E PARTICIPA플O AS CRIANAS PEQUENAS NO PLANEJAMENTO DOS ESPAOS E ROTINAS NA EDUCA플O INFANTIL
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL CONCEP합ES DE EDUCA플O AMBIENTAL DE LICENCIANDOS EM CINCIAS BIOLGICAS DE INSTITUI합ES DE OLINDA E RECIFE
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO O PROGRAMA MAIS EDUCA플O E OS ELEMENTOS PARA A CONSTRU플O DE UMA PROPOSTA CURRICULAR PARA A ESCOLA EM TEMPO INTEGRAL
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE DILEMAS ENTRE TRABALHO E EDUCA플O NA JUVENTUDE
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A ESCRITA DE RELATOS DE EXPERINCIA COMO INSTRUMENTO DE REFLEX홒 DA PR햀ICA DE FORMADORES DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZA플O NA IDADE CERTA DO MUNICPIO DE FORTALEZA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A DOCNCIA NA EDUCA플O SUPERIOR: 밠ETAMORFOSEAR-SE ENFERMEIROS(AS)-PROFESSORES(AS)
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA PERSPECTIVAS DID햀ICAS ATUAIS PARA A MATEM햀ICA NO ENSINO MDIO
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS MULHERES EM SITUA플O DE FRAGILIDADE SOCIAL E O PROGRAMA MULHERES MIL: O PAPEL DAS POLTICAS NA PERSPECTIVA DE EMANCIPA플O PARA O TRABALHO
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS A AGROECOLOGIA COMO PR햀ICA DE EDUCA플O E INTERVEN플O SOCIAL, PROMOVENDO SEGURANA ALIMENTAR E RESGATE DO ESPAO RURAL
9. EDUCA플O E DIREITOS HUMANOS. EDUCA플O PARA A PAZ. MEDIA플O DA LEITURA SOB A TICA TRANSDISCIPLINAR: ESPAO DE DISCUSS홒 DOS DIREITOS HUMANOS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A SEQUNCIA FEDATHI COMO METODOLOGIA APLICADA AO ENSINO DO CONCEITO DO TEOREMA DE PIT핯ORAS AOS DISCENTES DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEAR
5. EDUCA플O E INF헞CIA OS JOGOS E SUA RELA플O COM A EDUCA플O E O DESENVOLVIMENTO DA CRIANA
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL MAPEANDO A APROXIMA플O DA ARTE COM O SERVIO SOCIAL
4. EDUCA플O E INCLUS홒 LEITURA E ESCRITA DA MATEMATICA EM LIBRAS: UMA ABORDAGEM NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE SURDOS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA TENDNCIAS DE PESQUISA EM ENSINO DE CINCIAS PRESENTES NAS PUBLICA합ES DA SEMANA DE BIOLOGIA DE ITABAIANA/SE
5. EDUCA플O E INF헞CIA A IMPORT헞CIA DA INTERVEN플O PEDAGGICA PARA AS RELA합ES TNICO RACIAIS NA EDUCA플O INFANTIL: DESAFIO E POSSIBILIDADES
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS FORMA플O INICIAL EM QUEST홒: A PARTICIPA플O DO PIBID-GEOGRAFIA UNEAL PARA A CONSTRU플O DA IDENTIDADE GEOGR핮ICA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL CONCEP합ES DE DOCENTES DE MESTRADOS DA UEFS SOBRE A PESQUISA, O ENSINO E A EXTENS홒
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM PERFORMATIVIDADE NAS RESERVAS: A CONSTITUI플O LINGUSTICA DE SEXUALIDADES DISSIDENTES NA FALA DE ADEPTOS DE CULTOS AFRO-BRASILEIROS
5. EDUCA플O E INF헞CIA RELA플O PROFESSOR-ALUNO: UM DESAFIO PARA A PR햀ICA DOCENTE
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A FACE OCULTA DO CAPITAL NAS POLTICAS PBLICAS DE INCENTIVO LEITURA: CONEXES DA IDEOLOGIA NEOLIBERAL COM A PEDAGOGIA DO ESTADO EDUCADOR
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O EDUCA플O DIST헞CIA E UM NOVO FORMATO COM O ADVENTO DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS DA INFORMA플O E COMUNICA플O.
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM ENSINO DE LNGUA INGLESA PARA CRIANAS
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO O PAPEL DA MULHER DENTRO DO CONTEXTO ESPORTIVO: UMA AN핶ISE A PARTIR DO FUTEBOL
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A IMPORT헞CIA DO PIBID PARA A FORMA플O INICIAL DE PROFESSORES DE MATEM햀ICA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM ESTUDOS DE NARRATOLOGIA EM OBRAS DE CONTOS DE FADAS INGLESES
4. EDUCA플O E INCLUS홒 O ESPAO DA EDUCA플O INCLUSIVA NA FORMA플O DE PROFESSORES: UMA AN핶ISE DE CURRCULOS DE CURSOS DE PEDAGOGIA NO ESTADO DE SERGIPE
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS O NOTRIO SABER DOS MESTRES POPULARES E SUAS PR햀ICAS DE RESISTNCIA E EDUCA플O POPULAR
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA CONSERVA플O DE ALIMENTOS: UM TEMA ESTRUTURANTE PARA O ENSINO DE CINTICA QUMICA UMA VIVNCIA DO EST핯IO SUPERVISIONADO
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM O ERRO COMO CONSTRU플O DE CONHECIMENTO PARA A APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ESCRITA: A IMPORT헞CIA DAS INTERVEN합ES DO PROFESSOR
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A EMLIA QUE MORA EM CADA UM DE NS: CONSTITUI플O DO 밣EDAGOGO-CONTADOR DE HISTRIAS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS OS PENTAMINS UTILIZADOS COMO FERRAMENTA DID햀ICA: UMA APLICA플O DA SEQUNCIA FEDATHI
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO O MOVIMENTO PELA PROFISSIONALIZA플O DOCENTE: A CNTE E A QUALIDADE DA EDUCA플O
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO OS PROCESSOS PARTICIPATIVOS NA ESCOLA ANALISADOS SOB A TICA DO PODER E CULTURA: LEITURAS A PARTIR DE MICHEL FOUCAULT E PIERRE BOURDIEU
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS IDENTIDADE PROFISSIONAL E TRABALHO DOCENTE: O QUE DIZEM OS PROFESSORES DOS CURSOS DE LICENCIATURA DO IFAL
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A RECIPROCIDADE DA FORMA플O NO CONTEXTO DO PIBID: LICENCIANDOS E PROFESSORES SUPERVISORES EM RELA플O
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O USO DAS LINGUAGENS NAS REDES SOCIAIS: QUANDO E QUANDO N홒 ADEQUADO SE APROPRIAR DESSA (LINGUAGEM) NA ESCOLA.
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O CONCEITO DA ARGUMENTA플O ARTICULADO PRAXEOLOGIA SOBRE A OPERA플O ADITIVA EM UM LIVRO DID햀ICO DE MATEM햀ICA DO 6 ANO
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS O ENSINO FUNDAMENTAL II EM GEOGRAFIA: APONTAMENTOS E CONSIDERA합ES SOBRE AVALIA플O
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A R핪IO DA ESCOLA NA ESCOLA DA R핪IO : EDUCA플O GEOGR핮ICA E AS TIC NAS ASPIRA합ES E TRANSPIRA합ES DO LUGAR
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA UMA AVALIA플O SOBRE A PRIMEIRA EXPERINCIA DOCENTE COMO BOLSISTAS DO PIBID DMA/UFS
5. EDUCA플O E INF헞CIA ESTADO DA ARTE SOBRE A BRINCADEIRA NO ENSINO FUNDAMENTAL
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS MOVIMENTOS ESTUDANTIS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE: UM REFLEXO DO NOVO E DO TRADICIONAL NAS FORMAS DE SOCIALIZA플O POLTICA DOS JOVENS
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS O PROCESSO DE TRATAMENTO DE 핯UA DA ILHA DAS CINZAS-GURUP-PA E A EDUCA플O N홒-FORMAL
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS OIAPOQUE-AP: CONTEXTO HISTRICO E A REALIDADE DA EDUCA플O ESCOLAR INDGENA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS NOVOS OLHARES SOBRE AS ATIVIDADES FORMATIVAS DAS PROFESSORAS NORMALISTAS
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICA E LEGISLA플O NO PANOR헜A DA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS: OFERECER A TODAS AS PESSOAS OPORTUNIDADES DE EDUCA플O AO LONGO DE TODA A VIDA
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE OS SIGNIFICADOS DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS NO PROCESSO DE ESCOLARIZA플O DO JOVEM NO ENSINO MDIO NA MODALIDADE DE EDUCA플O PROFISSIONAL
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A R핪IO NA ESCOLA NA ESCOLA DA R핪IO: AS TIC E A DIFUS홒 DO FAZER CIENTFICO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O ENSINO DE MATEM햀ICA NA EDUCA플O INFANTIL: NMEROS E FORMAS GEOMTRICAS MEDIADAS POR BRINCADEIRAS E JOGOS PEDAGGICOS
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS O ENSINO DE MATEM햀ICA A PESSOAS COM TDAH: UMA REFLEX홒 SOBRE APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA
5. EDUCA플O E INF헞CIA CONCEP합ES DO SENTIMENTO DE INF헞CIA E DO SER CRIANA NO BRASIL
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS EDUCA플O, POLTICAS PBLICAS E TECNOLOGIAS - TIC : AN핶ISE PARA ALM DAS APARNCIAS.
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS CARACTERSTICAS DAS POLTICAS ATUAIS PARA A FORMA플O DE PROFESSORES DE CINCIAS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS OS GNEROS TEXTUAIS UMA FERRAMENTA RELEVANTE PARA AS PR햀ICAS LINGUSTICAS NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS AN핶ISE DO DISCURSO: UMA VIA PARA A COMPREENS홒 DAS POLTICAS PBLICAS DA DOCNCIA NO BRASIL
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL IDENTIDADE DOCENTE NA LICENCIATURA EM CINCIA DA COMPUTA플O: SIGNIFICADOS PARA A INICIA플O PROFISSIONAL
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA INSTRU플O POR COLEGAS: UMA EXPERINCIA NO PIBID
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A PR햀ICA DE PRODU플O DE SAB홒 ECOLGICO NA ESCOLA: UM CAMINHO PARA EDUCA플O AMBIENTAL
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA IMPORT헞CIA DE INTER-RELACIONAR 핶GEBRA E GEOMETRIA NO ENSINO DA CLASSIFICA플O DE SISTEMAS DE EQUA합ES LINEARES 3X3 (TRS EQUA합ES E TRS INCGNITAS)
4. EDUCA플O E INCLUS홒 HISTRIA E FILOSOFIA DA EDUCA플O DOS SURDOS NO BRASIL E EM SERGIPE
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA APRIMORANDO OS SABERES MATEM햀ICOS: PROJETO DE EXTENS홒 FUNDAMENTOS B핿ICOS PARA O ENSINO DA MATEM햀ICA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS OS SABERES PRODUZIDOS PELAS COMUNIDADES NEGRAS NO BRASIL: OLHARES CRUZADOS ELABORADOS PELO JORNAL QUILOMBO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O EDUCA플O A DIST헞CIA E FORMA플O DE PROFESSORES NO BRASIL: ABRINDO-SE EMOCIONALMENTE PARA O CONHECIMENTO.
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O EDUCA플O A DIST헞CIA - EAD E O DESENVOLVIMENTO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMA플O E COMUNICA플O TIC NA CONTEMPORANEIDADE: DESAFIOS E PERSPECTIVAS
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O CONCEITO DE PAISAGEM E O USO DID햀ICO DOS BUSCADORES DE INTERNET
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A IMPORT헞CIA DO EST핯IO SUPERVISIONADO NA FORMA플O DE PROFESSORES: UMA AN핶ISE A PARTIR DA EXPERINCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA DO IFBA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 EDUCA플O INCLUSIVA NA FORMA플O INICIAL DE PROFESSORES: UM ESTUDO SOBRE A EXPERINCIA NOS CURSOS DE LICENCIATURA DA UNEB/CAMPUS X: AVANOS E DESAFIOS
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS UMA ABORDAGEM SOBRE O CAR햀ER JURDICO E PEDAGGICO DAS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS EM MEIO ABERTO.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS 20 ARTIGOS, QUE DIALOGAM SOBRE FORMA플O DE PROFESSORES, ESTRATGIAS DE ENSINO E APRENDIZAGEM E ENSINO POR PESQUISA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS UM RETRADO DE ALGUMAS POLTICAS PBLICAS BRASILEIRAS PARA A FORMA플O DE PROFESSORES DE CINCIAS
5. EDUCA플O E INF헞CIA ADULTIZA플O INFANTIL E O POSSVEL DESAPARECIMENTO DA INF헞CIA: PERCEP합ES TRANSDISCIPLINARES
5. EDUCA플O E INF헞CIA OS CAMINHOS DA HISTRIA DA INF헞CIA NO INTERIOR DO ESTADO DE SERGIPE: O JARDIM DE INF헞CIA JOANA RAMOS (1969 1985)
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS EDUCA플O AMBIENTAL NA REGI홒 SEMI핾IDA ATRAVS DO CURSO DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HDRICOS NA ESCOLA DO CAMPO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O ENSINO DE ARITMTICA NOS PROGRAMAS ESCOLARES E LIVROS DID햀ICOS DO ENSINO PRIM핾IO DURANTE A DCADA DE 1930
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O FORMA플O DOCENTE E TIC: OUTRAS PR햀ICAS PEDAGOGICAS CONTEMPOR헞EAS
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE PR햀ICAS COLABORATIVAS E REDES DE APRENDIZAGEM EM PROJETOS ARTSTICO-EDUCATIVOS: UM ESTUDO DE CASO EM SALVADOR
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS O ENSINO DE CINCIAS NA CLASSE HOSPITLAR: ATUA플O E PRINCIPAIS DESAFIOS DO EDUCADOR NESSE ESPAO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O QUE SABEM OS PEDAGOGOS SOBRE OS SISTEMAS DE NUMERA플O?
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A EDUCA플O AMBIENTAL NO CURRCULO DO INSTITUTO FEDERAL DA BAHIA (IFBA/VALENA)
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS PROJETO RESGATANDO NOSSAS RAZES: RELATO DE UMA EXPERINCIA EDUCACIONAL NO POVOADO BREJ홒 DOS NEGROS, BREJO GRANDE/SE.
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS A PESSOA HUMANA: UM ESTUDO SOBRE PRISES E LIBERDADE
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO ENSINO DE HISTRIA, CINEMA E HISTRIA DAS MULHERES: REFLEXES A PARTIR DO FILME 밢 QUE ISSO COMPANHEIRO?
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS O ENSINO E APRENDIZAGEM DA LINGUA INGLESA NUMA PERSPECTIVA SCIO-DISCURSIVA NA ESCOLA PBLICA DE ARAPIRACA-ALAGOAS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA AVALIA플O E REFLEXES DA INTERVEN플O DOS BOLSISTAS DO PIBID EM UMA ESCOLA DA REDE PBLICA DE ENSINO DE ARACAJU
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A IMPORT헞CIA DAS SITUA합ES-PROBLEMA NO DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES INVESTIGATIVAS NO ENSINO DE CINCIAS
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A PR햀ICA DO ENSINO DE GEOGRAFIA CONECTADA AO GRUPO DO FACEBOOK: A BUSCA PELO COMPARTILHAMENTO DO 밣ENSAMENTO LIVRE
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO REFLEXES SOBRE GNERO, TRABALHO E A PROFISS홒 DOCENTE
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE DIMENSES PARA ENSINO DE LITERATURA NO ENSINO MDIO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O EST핯IO SUPERVISIONADO DE CINCIAS: OBSERVA합ES DE ESTAGI핾IOS SOBRE A PR햀ICA DOCENTE
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS OS DESAFIOS DA PROFISS홒 DOCENTE: AN핶ISE DO FILME 밢 PREO DO DESAFIO
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL ATUA플O DO PEDAGOGO EM SADE MENTAL: DISCUTINDO O USO DE HISTRIAS EM QUADRINHOS
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESTUDO SOBRE O DESAFIO DE CONSTRUIR UMA SOCIEDADE JUSTA BASEADA NO CONHECIMENTO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A CONTEXTUALIZA플O E A INTERDISCIPLINARIDADE NAS QUESTES DE QUMICA DO EXAME NACIONAL DO ENSINO MDIO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O GEST홒 E TECNOLOGIAS APLICADAS EDUCA플O: A PESQUISA APLICADA DE ENGAJAMENTO NA REDE PBLICA DE ENSINO SALVADOR/BA
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE OLHARES JUVENIS SOBRE A RELA플O FAMLIA E ESCOLA NO ENSINO MDIO EM RIACH홒 DO JACUPE (BA)
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS DIGA-ME DE ONDE EU VENHO QUE ME ARRISCAREI A DIZER QUEM EU SOU: UM ESTUDO VOLTADO PARA A CONSTRU플O DA IDENTIDADE NEGRA
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS ACIDENTES DE TR헞SITO EM ARACAJU/SE: ESTUDO SOBRE A RELA플O DE OCORRNCIA E VTIMAS NAS RUAS
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O REFLEXES SOBRE A UTILIZA플O DAS FERRAMENTAS DO MOODLE NA EDUCA플O A DIST헞CIA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A FORMA플O DO PROFESSOR CONTEMPOR헞EO PARA UMA PR햆IS TECNOLGICA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 AUTISMO E INCLUS홒 ESCOLAR: UM ESTUDO A PARTIR DA PSICAN핶ISE
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O BISPADO DE DOM JOS THOM핿 GOMES DA SILVA: E AS INSTITUI합ES EDUCATIVAS CONFESSIONAIS EM SERGIPE
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS QUE INGLS ENSINAMOS? REFLEXES SOBRE O ENSINO DE LNGUA INGLESA NA ESCOLA REGULAR
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A TRAJETRIA EPISTEMOLGICA DA PROFESSORA LENIRA HADDAD: UM ESTUDO EM TRS DIMENSES
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL O SABER DE M홒 EM M홒: OFICINAS PEDAGGICAS EVIDENCIANDO VALORES DE AFRICANIDADES NO SERT홒 BAIANO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O DOCENCIA UNIVERSIT핾IA EAD: A EXPERINCIA DA EDUCA플O A DISTANCIA NOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGENS - AVA.
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE IMPROVISA플O CNICA: JOGOS DE IMAGENS ENTRE CORPO E AMBIENTE
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A AULA DE CAMPO E SUAS CONTRIBUI합ES NO ENSINO DE CINCIAS
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS EDUCA플O E CAPITAL: MERITOCRACIA COMO MODELO PEDAGGICO
5. EDUCA플O E INF헞CIA ESCRITA DO OUTRO-CRIANA NO CEN핾IO ESCOLAR: RESSON헞CIAS TERICAS E PEDAGGICAS POSSVEIS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA CURRCULO INTENCIONAL: TECENDO RELA합ES ENTRE CTS E HISTRIA DA CINCIA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O FORMA플O DOCENTE NO MUNDO EM REDES: A COMPETNCIA DID햀ICA E PEDAGGICA NO USO DE NOVAS TECNOLOGIAS DA INFORMA플O E COMUNICA플O
24. EDUCA플O E SADE CIVILIDADE SOB O MANTO DA HIGIENE NA PRAXIS PEDAGGICA EM SERGIPE (1879-1930)
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS ROBTICA EDUCACIONAL E O INCENTIVO PARA INICIA플O CIENTFICA NA EDUCA플O B핿ICA - IC
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE CORPO PERTURBADOR: O CORPOMDIA DO ARTISTA COM DEFICINCIA, UMA AN핶ISE CRTICA DA OBRA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O QUE SABEM OS ALUNOS DE ESCOLAS ESTADUAIS EM SERGIPE A RESPEITO DOS CONCEITOS DE PRESERVA플O E BIODIVERSIDADE?
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM O SENTIDO DE SUJEITO 밃COLHEDOR REPRESENTADO NA IMAGEM DO DISCURSO DA PROPAGANDA GOVERNAMENTAL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS INTERDISCIPLINARIDADE E EDUCA플O AMBIENTAL: DESAFIOS EPISTMICOS E METODOLGICOS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O ENSINO DE INGLS NO SCULO XIX: INFLUNCIAS DAS RELA합ES MERCANTIS COM A INGLATERRA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA SABERES ELEMENTARES ARITMTICOS PARA O ENSINO PRIM핾IO EM SERGIPE A PARTIR DOS PROGRAMAS DE ENSINO (1912-1944)
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS: UM DI핶OGO PARA ALM DO PARADIGMA DA EDUCA플O COMPENSATRIA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 CONTRIBUI합ES DAS REPRESENTA합ES SOCIAIS PARA O ESTUDO DA SURDEZ NO CAMPO DA EDUCA플O
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO GNERO, TR헞SITO E CIDADANIA NO BRASIL
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A IMPORT헞CIA DE INTERPRETAR A REALIDADE ATRAVS DE EXPERINCIAS REGISTRADAS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A SURDEZ
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A RELA플O DA CONSCIENTIZA플O DE PAULO FREIRE COM O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA LEITURA E DA ESCRITA.
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS O PROUNI E A RELA플O PBLICO/PRIVADO NO CONTEXTO DO ESTADO CAPITALISTA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL INDICADORES SOCIOAMBIENTAIS: UM ESTUDO A PARTIR DO CONTEXTO DE UMA INSTITUI플O DE ENSINO SUPERIOR
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FORMA플O CONTINUADA DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: PNAIC - O PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZA플O NA IDADE CERTA
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS O CONCEITO DE APRENDIZAGEM NA NEUROPSICOLOGIA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS REPRESENTA합ES SOCIAIS E EDUCA플O PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL SUSTENT햂EL
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A FACULDADE DE CINCIAS ECONMICAS: UM BREVE OLHAR SOBRE O CURSO DE CINCIAS CONT핦EIS (1956 1971)
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMA플O E COMUNICA플O PARA O ENSINO DE FSICA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O QUE EX-ALUNOS EXPLICITAM SOBRE AS SUAS RELA합ES COM OS SABERES A PARTIR DA EDUCA플O FSICA?
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A FORMA플O DO PROFISSIONAL DO ENSINO DA MATEM햀ICA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL O ENSINO SUPERIOR NO SETOR PRIVADO: EXPANS홒 E POLTICAS PBLICAS DE ACESSO (2004-2013)
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PRODU플O DE SENTIDO E SINGULARIDADES DA EDUCA플O AMBIENTAL NA FORMA플O CONTINUADA DE EDUCADORES EM SERGIPE
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A REPRESENTA플O DE IDENTIDADES EM 밮IDA MARIA: RELA합ES DE PODER, ALTERIDADE E POLTICAS PBLICAS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS REDES COLABORATIVAS DE PROFESSORES-PESQUISADORES COMO COMUNIDADES QUE COMPARTILHAM SABERES: CONTRIBUI합ES EDUCA플O FSICA ESCOLAR
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS O CONHECIMENTO DAS COMUNIDADES TRADICIONAIS E A PRODU플O DO CONHECIMENTO ACADMICO.
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS O BRINCAR NA BRINQUEDOTECA: UM CONTRATO DE DIVERS홒 E APRENDIZAGEM
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICAS DE FORMA플O DOS PROFESSORES DA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS A PSICOLOGIA ESCOLAR NA EDUCA플O INFANTIL.
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A FORMA플O PROFISSIONAL DO TRABALHADOR SOB A TICA DO PRONATEC: UMA AN핶ISE DOS CURSOS FIC
4. EDUCA플O E INCLUS홒 O DIFERENCIAL DO OLHAR QUE INCLUI - O SURDO NA PERSPECTIVA DA INCLUS홒 EDUCACIONAL NA ESCOLA PBLICA EM GENERAL MAYNARD, NO ESTADO DE SERGIPE
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS DE REPENTE PROFESSOR: UMA AN핶ISE ACERCA DA FORMA플O E CONSTRU플O DA IDENTIDADE DO PROFESSOR DE CONTABILIDADE NO ESTADO DE SERGIPE ( 1956- 1971)
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE O CORPOMDIA NA DANA: EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS EDUCA플O AMBIENTAL COMO POLTICA PBLICA NO INSTITUTO FEDERAL DA BAHIA(IFBA/VALENA)
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A CONGREGA플O DAS IRM홙 FRANCISCANAS HOSPITALEIRAS PORTUGUESA: A INSTRU플O FEMININA EM SERGIPE.
9. EDUCA플O E DIREITOS HUMANOS. EDUCA플O PARA A PAZ. TRANSDISCIPLINARIDADE, DIREITOS HUMANOS E PLANO NACIONAL DE EDUCA플O: UM DI핶OGO POSSVEL PARA A RESSIGNIFICA플O DA ABORDAGEM 픓 QUESTES DE GNERO, RAA, ETNIA E RELIGI홒 NA PR햀ICA DOCENTE
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS EDUCA플O AMBIENTAL E A GEOGRAFIA: INTERDISCIPLINARIDADE E A FORMA플O DO EDUCADOR
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICAS DE PLANEJAMENTO DA EDUCA플O MUNICIPAL NO BRASIL: ANTECEDENTES
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O ENSINO DE QUMICA: UM COMPROMISSO COM A CIDADANIA.
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 O IMPRESSO COMO INSTRUMENTO EDUCATIVO NO BRASIL OITOCENTISTA E EM MEADOS DOS NOVECENTOS: NOTAS ACERCA DA COLE플O FOLHETOS EVANGLICOS (1860-1938)
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS PLANOS DE AULA E ENSINO DE GEOGRAFIA: APONTAMENTOS E REFLEXES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A ESCOLA EM INSTITUI플O SOCIOEDUCATIVA: ROTINA ESCOLAR, PR햀ICAS DOCENTES E DESAFIOS AO TRABALHO PEDAGGICO
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS O PAPEL DA FOTOGRAFIA NO PROCESSO DE A플O PEDAGGICA E PERCEP플O DO ESPAO GEOGR핮ICO: TRABALHANDO A FOTOGRAFIA NA PR햀ICA DOCENTE DE GEOGRAFIA.
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A RELA플O TEORIA X PR햀ICA NO PROCESSO FORMATIVO DE PROFESSORES NA PERSPECTIVA INCLUSIVA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA OS SABERES ELEMENTARES GEOMTRICOS NO ENSINO PRIM핾IO ENTRE SERGIPE E S홒 PAULO (1911-1930)
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS FORMA플O CONTNUA/PERMANENTE COM VISTAS FORMA플O EM SERVIO: HTPC UM ESPAO E TEMPO PARA ESSA FORMA플O?
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE D-SE FORMA AO QUE SE ACREDITA: ARTE COMO TECNOLOGIA EDUCACIONAL (*) ​
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FORMA플O DE PROFESSORES E A APRENDIZAGEM DE LIBRAS: CAMINHOS POSSVEIS PARA A AQUISI플O DO CONHECIMENTO
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS PROGRAMA MAIS EDUCA플O: DIRETRIZES E PR햀ICAS
4. EDUCA플O E INCLUS홒 VNCULOS E COMPARTILHAMENTOS NO ESPAO ESCOLAR: A COMUNICA플O ALTERNATIVA NO PROCESSO DE INCLUS홒
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A RECICLAGEM E A COLETA SELETIVA NO AMBIENTE ESCOLAR
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ESTRATGIAS DID햀ICAS NO ENSINO DE ECOLOGIA: UM ESTADO DA ARTE COM BASE EM TESES, DISSERTA합ES E ARTIGOS CIENTFICOS (2005 -2015)
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA C핶CULO I: DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM NO ENTENDIMENTO DE ALUNOS DA LICENCIATURA EM MATEM햀ICA (UFS)
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O EDUCA플O A DIST헞CIA COM O ADVENTO DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS DA INFORMA플O E COMUNICA플O: UM NOVO FORMATO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA UMA SEQUENCIA DID햀ICA PARA IDENTIFICAR DIFICULDADES NA INTERPRETA플O DE ENUNCIADOS DA ARITMTICA EM UMA TURMA DE SEXTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FORMA플O ESCOLAR E PR햀ICAS DOCENTES: MEMRIAS E NARRATIVAS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS TICA NA ATIVIDADE TURSTICA:AN핶ISE DOS PRECEITOS TICOS DOS ESTUDANTES DE GRADUA플O
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE A CONTRIBUI플O NA FORMA플O DOS VALORES TICOS E MORAIS NAS AULAS DE EDUCA플O FSICA COM O ESPORTE EDUCACIONAL
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O ESTADO DA ARTE DA PESQUISA AS INTERFACES INTERATIVAS: UMA AN핶ISE DE DISSERTA합ES E TESES BRASILEIRAS PRODUZIDAS NO PERODO DE 2003 A 2013
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS PRESSUPOSTOS SOBRE O ENSINO E APRENDIZAGEM DE CLIMATOLOGIA GEOGR핮ICA
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 RECORDA플O E MEMRIA CULTURAL NA CONSTRU플O DA HISTRIA DE ARAPIRACA. TRILHANDO PELA CULTURA DAS BORDAS
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS AS CONTRIBUI합ES DAS TEORIAS DE JEAN PIAGET E VIGOTSKY NA CONSTRU플O DA APRENDIZAGEM
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A IMPORT헞CIA DOS OBJETOS DE APRENDIZAGEM E DA INTERA플O MEDIADA PELAS TICS NA EDUCA플O DIST헞CIA.
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O MTODO CIENTFICO NA VIS홒 DE GRADUANDOS EM CINCIAS BIOLGICAS - LICENCIATURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE/CAMPUS S홒 CRISTV홒
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS PRESSUPOSTOS ACERCA DA CATEGORIA PAISAGEM NO ENSINO DOS ELEMENTOS DO MEIO FSICO: RELEVO-SOLO-ROCHA NA DISCIPLINA DE GEOGRAFIA DOS ANOS INICIAIS
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS EXPERINCIAS DO EST핯IO: ENSINO DE CLIMATOLOGIA GEOGR핮ICA NO 1 ANO DO ENSINO MDIO
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS ALFABETIZAR E LETRAR COM RIMAS E VERSOS: UMA PROPOSTA DID햀ICA NO ENSINO FUNDAMENTAL
5. EDUCA플O E INF헞CIA PR햀ICAS PEDAGGICAS NA EDUCA플O INFANTIL: O PROFESSOR COMO INSTRUMENTO CRIADOR DE SITUA합ES DE APRENDIZAGEM COM CRIANAS DE 2 A 3 ANOS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A FORMA플O DOCENTE PARA A ATUA플O COM JOVENS ESCOLARES: A NECESSIDADE DE PENSAR OS DIFERENTES CONTEXTOS
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS EDUCA플O ESCOLAR NA COMUNIDADE QUILOMBOLA DE ARA프CARIAC E NO QUILOMBO DE RIO DAS R홙: UM OLHAR SOBRE ASPR햀ICAS CURRICULARES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS ESTUDO DO MTODO CIENTFICO COM ALUNOS DO ENSINO MDIO EM S홒 MIGUEL DOS CAMPOS - AL
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O RECURSOS MIDI햀ICOS NO ENSINO DE CINCIAS E BIOLOGIA
24. EDUCA플O E SADE IMPORTANCIA DA EDUCA플O NA ESTRATGIA SADE DA FAMLIA COM A POPULA플O QUILOMBOLA SOBRE AS DOENAS CRNICAS N홒 TRANSMISSVEIS
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO TIRANDO O KIT GAY DO ARM핾IO: UMA AN핶ISE DO "CADERNO BRASIL SEM HOMOFOBIA" E SUA RELA플O COM A GEST홒 DEMOCR햀ICA DA EDUCA플O
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A EXPANS홒 DO ENSINO SUPERIOR E O PIONEIRISMO DA UFC COM A CRIA플O DO PRIMEIRO CURSO DE GRADUA플O EM MODA EM UNIVERSIDADE PBLICA BRASILEIRA
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM CONTRIBUI합ES DA PESQUISA SOCIOLINGUISTICA NO ENSINO DE LNGUA MATERNA: SABERES E PR햀ICAS EM SALA DE AULA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS AS PR햀ICAS EDUCATIVAS E DE GEST홒 DAS ECOVILAS
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO A A플O DA COORDENA플O PEDAGGICA COMO INSTRUMENTO DE PROMO플O DO PRINCIPIO DE CONVIVNCIA ESCOLAR DEMOCR햀ICA E PARTICIPATIVA.
4. EDUCA플O E INCLUS홒 AVALIA플O ESCOLAR E EDUCA플O ESPECIAL: CONCEITOS E CONTEXTOS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EDUCA플O, INDSTRIA CULTURAL E EMANCIPA플O
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O SOFTWARE LIVRE EDUCACIONAL GCOMPRIS, UMA FORMA LDICA PARA O ENSINO DE MATEM햀ICA NO 6 ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O REFLEXES SOBRE A UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A IMPLANTA플O DO MTODO DIRETO PARA O ENSINO DE INGLS NO BRASIL (1931)
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS O ENSINO DA SOCIOLOGIA E O PAPEL DO PROFESSOR: AN핶ISE DA PR햀ICA DOCENTE EM UMA ESCOLA RURAL NO SERT홒 ALAGOANO
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO REFLETINDO SOBRE ALFABETIZA플O E A IMPLEMENTA플O DO PROGRAMA ALFA E BETO NA REDE PBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE ARACAJU/SE
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA VIVNCIAS PEDAGGICAS E CONHECIMENTOS DE ASTRONOMIA DOS PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL
4. EDUCA플O E INCLUS홒 AS REPRESENTA합ES SOCIAIS E A RELA플O COM O SABER: O ENSINO DE CINCIAS PARA O DEFICIENTE VISUAL
5. EDUCA플O E INF헞CIA AS IMPLICA합ES DA IMITA플O NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL: UM ESTUDO A PARTIR DA PEDAGOGIA WALDORF
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O HISTRIA DA IMPLANTA플O DA EDUCA플O SUPERIOR A DIST헞CIA NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE AN핶ISE DO PERFIL MOTIVACIONAL DOS ESTUDANTES DO ENSINO MDIO DA 3 ETAPA DA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS EM UMA ESCOLA PBLICA DE SERGIPE
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS POR UMA COMPREENS홒 MAIS ABRANGENTE DA EDUCA플O CORPORATIVA.
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A INSER플O DO RECURSO TECNOLGICO DA LOUSA INTERATIVA NO ENSINO TCNICO DO IFS: SUPORTE DID햀ICO PARA A PR햀ICA DOCENTE
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM PROJETOS DE LEITURA EM PERSPECTIVA INTERDISCIPLINAR: REALIDADE OU DESAFIO?
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS VALENTE O MAR BRAVO SIRI A CONSCINCIA RACIAL COMO EMPEDRAMENTO PEDAGGICO NOS CURSOS DE LICENCIATURA.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS ENSINO DE GEOGRAFIA E SEGREGA플O SCIO-ESPACIAL NA CIDADE: UMA PROPOSTA PARA A CONTRIBUI플O DA GEOGRAFIA ESCOLAR PARA A FORMA플O DA CIDADANIA EM ALUNOS DE BAIRROS PERIFRICOS.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A MSICA COMO ESTRATGIA DID햀ICA PARA FACILITA플O DA APRENDIZAGEM MATEM햀ICA NA EDUCA플O INFANTIL
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS O ESPAO UNIVERSIT핾IO, MOVIMENTOS SOCIAIS E PARTIDOS POLTICOS: POR UMA PERSPECTIVA RELACIONAL DO CAMPO POLTICO
4. EDUCA플O E INCLUS홒 FORMA플O DO PROFESSOR E EDUCA플O INCLUSIVA: UM ESTUDO DE CASO DE ILHUS-BAHIA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O PAPEL DA ESCOLA: UMA AN핶ISE DO ARTIGO 밢 INSUPORT햂EL BRILHO DA ESCOLA E A VIS홒 DE DIFERENTES PROFISSIONAIS DA SOCIEDADE
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE EDUCA플O PARA A JUVENTUDE: DISCURSOS POLTICO-PEDAGGICOS NA ERA MODERNA
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS PROPOSTAS E ATIVIDADES PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA NAS SRIES INICIAIS
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL ENVIANDO O COMPROVANTE DE DEPSITO - SOU COAUTORA DO TRABALHO J SUBMETIDO MAS N홒 TINHA EFETUADO O PAGAMENTO, FOI SUBMETIDO COM OUTRO COMPROVENTE, AGORA SEGUE O MEU PRPRIO COMPROVANTE.
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE MLTIPLOS OLHARES: A FORMA플O DO PROFESSOR DE DANA EM QUEST홒
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS EDUCA플O AMBIENTAL E FORMA플O INICIAL DE PROFESSORES: ENSINO E CONCEP합ES DO ESTUDANTE DE HISTRIA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A UTILIZA플O DAS TDIC NA PERSPECTIVA DA TEORIA UNIFICADA DE ACEITA플O E USO DA TECNOLOGIA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A DID햀ICA DA RESOLU플O DE PROBLEMAS NAS SRIES INICIAIS: UM PROBLEMA PARA O ALUNO OU PARA O PROFESSOR?
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O TRABALHO COM PROJETOS EM SALA DE AULA: ALGUMAS PONDERA합ES
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA INVESTIGA플O DA PR햀ICA PEDAGGICA DOS PROFESSORES DE CINCIAS DE 5 SRIE EM ESCOLAS DO MUNICPIO DE BARRA DOS COQUEIROS-SE, QUANTO ABORDAGEM DO TEMA 밠ANGUEZAL
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A HISTRIA DA EDUCA플O ESPECIAL NA CONSTRU플O DA HISTRIA DA EDUCA플O BRASILEIRA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 ABORDAGEM DA EDUCA플O INCLUSIVA NAS MATRIZES CURRICULARES DOS CURSOS DE FORMA플O DE PROFESSORES NA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - BAHIA
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE TCNICAS CORPORAIS NA RESSIGNIFICA플O JUVENIL
5. EDUCA플O E INF헞CIA A CULTURA NORDESTINA REPRESENTADA POR GRACILIANO RAMOS NA OBRA 밃LEXANDRE E OUTROS HRIS (1938)
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A TICA NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA UNIVERSIDADE: OLHARES DIVERSOS DE FUTUROS (AS) PEDAGOGOS (AS)
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS EDUCA플O DO CAMPO: DO CONCEITO (S) PR햀ICA(S).
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS ESCOLA, SOCIEDADE E FORMA플O DE PROFESSORES: O ENSINO DE MATEM햀ICA NA CONTEMPORANEIDADE
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL OS RETRATOS DA ELEI플O: UMA AN핶ISE DE CAPAS DA REVISTA VEJA, NAS ELEI합ES DE 2014
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A INCLUS홒 DE TRAVESTIS NO SISTEMA EDUCACIONAL ATRAVS DE CURSO PREPARATRIO E DE UMA BIBLIOTECA NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO: UMA QUEST홒 DE NOME PRPRIO!
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ARGUMENTA플O NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA AN핶ISE A PARTIR DOS LIVROS DID햀ICOS DO 5 ANO
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS ESCOLA, ESTADO E RELIGI홒 NA COMUNA DE PARIS: RELEMBRANDO ALGUNS PONTOS NECESS핾IOS PR햀ICA REVOLUCION핾IA
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS ESCOLA, ESTADO E RELIGI홒 NA COMUNA DE PARIS: RELEMBRANDO ALGUNS PONTOS NECESS핾IOS PR햀ICA REVOLUCION핾IA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O TECONOLOGIA E LETRAMENTO ATRAVS DO GLOSTER: CAMINHOS PARA O PIBID DE ESPANHOL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O EST핯IO SUPERVISIONADO COMO CAMPO DE PESQUISA NA FORMA플O DOCENTE: RELA합ES DIALGICAS ENTRE ESCOLA E UNIVERSIDADE
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS EDUCA플O CONTEXTUALIZADA E CONVIVNCIA ESCREVENDO POSSIBILIDADES DE POLTICAS PBLICAS DE EDUCA플O PARA O SEMI핾IDO
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PR햀ICAS DOCENTES EM DI핶OGO: EST핯IO SUPERVISIONADO X PIBID
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA METODOLOGIAS PARA O ENSINO DE CINCIAS, CONFORME AS PERCEP합ES DE DOCENTES DA ESCOLA B핿ICA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA REFLEXOS DA FORMA플O DOS PROFESSORES DE QUMICA NA INSER플O DA HISTRIA DA QUMICA EM SALA DE AULA: UMA AN핶ISE APARTIR DA DESCOBERTA DO COMPOSTO BENZENO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA MODELAGEM PARA O ENSINO DA MATEM햀ICA COM O SUPORTE DAS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FAZER-SE ASSISTENTE SOCIAL DOCENTE PELAS EXPERINCIAS VIVIDAS: ENSAIOS SOBRE MEMRIAS E NARRATIVAS
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS EDUCA플O EM MSZAROS: BREVE APRESENTA플O
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS MARIA MONTESSORI: O CONCEITO DE CRIANA DIVINA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O PROINFO: FORMA플O CONTINUADA OU A플O TECNICISTA?
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA UM ESTUDO SOBRE ESTRATGIAS ADOTADAS POR ALUNOS DO 7 ANO PARA RESOLVER PROBLEMAS ENVOLVENDO EQUA합ES DO 1 GRAU (ARACAJU/SE)
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS MULHERES MIL: O OLHAR DAS DISCENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCA플O, CINCIA E TECNOLOGIA DO CEAR- CAMPUS CEDRO
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS "EIS AS MINHAS JIAS, EIS AS MINHAS NICAS OBRAS": OFENSIA SOARES FREIRE NA ACADEMIA SERGIPANA DE LETRAS (1980-2007)
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS OS INTELECTUAIS, A ESCOLA UNIT핾IA E O PRINCPIO EDUCATIVO EM GRAMSCI: RETOMANDO O CADERNO ESPECIAL 12 (1932)
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS EDUCA플O DO CAMPO: A CONSTRU플O PROJETO POLTICO PEDAGGICO DA EFAMI DE IRAR-BA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS "EIS AS MINHAS JIAS, EIS AS MINHAS NICAS OBRAS": OFENSIA SOARES FREIRE NA ACADEMIA SERGIPANA DE LETRAS 1980-2007
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS SENTIDOS ATRIBUDOS POR ALFABETIZADORES FORMA플O DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZA플O NA IDADE CERTA
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO IGUALDADE DE GNERO: APONTAMENTOS SOBRE VIOLNCIA DOMSTICA CONTRA A MULHER E FEMINISMO
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS REFORMAS DA LEGISLA플O FEDERAL DA EDUCA플O PROFISSIONAL TCNICA DE NVEL MDIO: DO DECRETO FEDERAL N 2208/97 AO DECRETO FEDERAL N 5.154/2004
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO GNERO E A EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS: AN핶ISE DA EXCLUS홒 ESCOLAR E SOCIAL DE MULHERES EM ALAGOAS
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO A 밠ARCHA DAS VADIAS COMO A플O EDUCATIVA NO PROCESSO DE CONQUISTA DA AUTONOMIA FEMININA
5. EDUCA플O E INF헞CIA INF헞CIA, MDIA E CONSUMO NO LIMIAR CONTEMPOR헞EO
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS HISTRIAS DE VIDA E NARRATIVAS DOCENTES: MEMRIAS, SENTIDOS E DILEMAS DA PROFISSIONALIZA플O
5. EDUCA플O E INF헞CIA O ENIGMA DA INF헞CIA E DO LDICO NA EDUCA플O INFANTIL NA CENA CONTEMPOR헞EA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS O PROGRAMA MAIS EDUCA플O, A EDUCA플O INTEGRAL E A QUALIDADE DA EDUCA플O: ALGUNS APONTAMENTOS SOBRE O PAPEL DO ESTADO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A INICIA플O CIENTFICA NA FORMA플O DE PROFESSORES DE QUMICA: A EXPERINCIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS (UNEAL)
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS O PROFESSOR DE GEOGRAFIA E SUA RELA플O COM O LIVRO DID햀ICO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA JOGOS LDICOS NO ENSINO DE QUMICA: UMA REFLEX홒 SOBRE SEU USO NO ENSINO MDIO NAS ESCOLAS PBLICAS DE ARAPIRACA - ALAGOAS.
24. EDUCA플O E SADE SNDROME DE BURNOUT E O TRABALHO DOCENTE: DESAFIOS A ENFRENTAR NA FORMA플O DO PROFESSOR
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O SMARTPHONE NO ENSINO DE QUMICA: AN핶ISE DA PR햀ICA PEDAGGICA DOS PROFESSORES DA ESCOLA ESTADUAL SENADOR RUI PALMEIRA, ARAPIRACA - AL.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS RELATOS DE EXPERINCIAS DAS APRESENTA합ES ARTSTICAS FEITAS PELOS ALUNOS DO CURSO TCNICO DO COLGIO ESTADUAL EDVALDO FERNANDES
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA HISTRIAS EM QUADRINHOS E O ENSINO DE MATEM햀ICA: POSSIBILIDADES PEDAGGICAS NA FORMA플O DO PEDAGOGO
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE UM OLHAR SOBRE OS PAR헜ETROS CURRICULARES NACIONAIS E A DANA NO CONTEXTO DA ESCOLA
5. EDUCA플O E INF헞CIA A FORMA플O DO LEITOR: TUDO COMEA NA INF헞CIA
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE A DANA NO CONTEXTO SOCIOEDUCATIVO DE PESSOAS COM DEFICINCIA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O USO DAS TIC NAS REPRESENTA합ES NO ENSINO E APRENDIZAGEM DE QUMICA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 INCLUS홒 DO 밡OME SOCIAL NO SISTEMA EDUCACIONAL NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO: UMA QUEST홒 DE NOME PRPRIO!
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O PROGRAMA CINCIA ITINERANTE: PR햀ICA EDUCATIVA PROPULSORA DA PESQUISA CIENTFICA NO IFBAIANO
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 RELA합ES CULTURAIS ENTRE ALUNOS DO SERT홒 SERGIPANO E O BIOMA CAATINGA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O BIOMA CAATINGA EM LIVROS DID햀ICOS DE CINCIAS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PR햀ICAS EDUCACIONAIS DE UMA ESCOLA DE EXCELNCIA DE ENSINO MDIO PBLICA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A EDUCA플O INCLUSIVA NO COLGIO ESTADUAL RUY BARBOSA: MINHA EXPERINCIA COM OS SURDOS
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL OS BENEFCIOS DA RESPIRA플O NO MTODO PILATES: UMA REVIS홒 DE LITERATURA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS ESCOLA NORMAL E ESCOLA NORMAL RURAL NO BRASIL E EM SERGIPE: PRIMEIRAS APROXIMA합ES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A APRENDIZAGEM POR PROJETOS: CONTRIBUI합ES PARA O ENSINO DA MATEM햀ICA NA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O DESAFIOS PARA A EDUCA플O DIGITAL NA EJA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 DIREITO EDUCA플O DE CRIANAS COM DEFICINCIA: POR UMA ESCOLA INCLUSIVA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO LIVRO DID햀ICO DA EJA E TOPA: ORIENTA합ES E ESTRATGIAS DE LETRAMENTO
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PESQUISA PARTICIPANTE: PRINCPIO EDUCATIVO NECESS핾IO PR햀ICA DOCENTE.
4. EDUCA플O E INCLUS홒 DESAFIOS NAS PR햀ICAS PEDAGGICAS PARA INCLUS홒 DE DEFICIENTES VISUAIS OU CEGOS NA REDE REGULAR DE ENSINO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O CONTRIBUI합ES DA TECNOLOGIA WEB.2 NO CONTEXTO EDUCACIONAL EM SALA DE AULA E NA BIBLIOTECA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EDUCA플O AMBIENTAL E PR햀ICAS DOCENTES NO ENSINO FUNDAMENTAL DO CODAP: INTERFACES EXISTENTES
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS: ENSINO DE MATEM햀ICA ATRAVS DE PROJETOS
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM A TIPOLOGIA DAS RASURAS EM MANUSCRITOS ESCOLARES DE UMA ESCOLA PUBLICA ALAGOANA
21. MESTRADO PROFISSIONAL, PESQUISA APLICADA NO ENSINO E NA SALA DE AULA O MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCA플O, CURRCULO, LINGUAGENS E INOVA합ES PEDAGGICAS: INTERVEN합ES EM REDES EDUCACIONAIS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA INDITOS-VI햂EIS CONSTITUDOS NA PR햆IS DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEM햀ICA NA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O DIFERENAS ENTRE ATIVIDADES MANIPUL햂EIS E COM COMPUTADORES
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS COMO DIREITO A EDUCA플O E COMO DIREITO HUMANO: A IMPORT헞CIA DE POLTICAS DE FORMA플O PARA PROFESSORES DA EJA FUNDADOS EM UM COMPROMISSO TICO E EXISTENCIAL.
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O OS CAMINHOS DA PESQUISA NAS ONDAS DA R핪IO: EXPERINCIAS DE EDUCA플O CIENTFICA POTENCIALIZADAS PELAS TIC
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FORMA플O LITER핾IA DO PROFESSOR EM RELATOS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EDUCA플O ESCOLAR: ALGUMAS REFLEXES SOBRE SUA UTILIZA플O COMO INSTRUMENTO DE DOMINA플O VERSUS CAMINHO PARA EMANCIPA플O
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS DA CONSTITUI플O DA ESCOLA PBLICA 픓 ESCOLAS NO CAMPO: ALGUNS APONTAMENTOS SOBRE O FECHAMENTO DAS ESCOLAS NO CAMPO
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS ALFABETIZA플O CARTOGRAFICA E PROCESSO FORMATIVO
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO O FORTALECIMENTO DA GEST홒 DEMOCR햀ICA A PARTIR DOS PLANOS DE A플O DO CURSO DE EXTENS홒 EM CONSELHOS ESCOLARES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PROGRAMA DE EDUCA플O AMBIENTAL LAGOA VIVA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DA EDUCA플O B핿ICA EM RIO LARGO: CONSTRUINDO AMBIENTES SUSTENT햂EIS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS ALGUMAS PERCEP합ES SOBRE OS AVANOS E EFEITOS DA FORMA플O INICIAL EM SERVIO DO/A PROFESSOR/A DE MATEM햀ICA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A AULA DE INGLS PARA INICIANTES E A FORMA플O DE PROFESSORES: REFLEXES ACERCA DE UMA PROPOSTA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O LDICO E AFETIVIDADE: PR햀ICAS PEDAGGICAS EM PROL DA QUALIDADE DE VIDA DO IDOSO
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL O ENSINO SUPERIOR E O DESENVOLVIMENTO DE A합ES SUSTENT햂EIS: UMA REVIS홒 DE LITERATURA
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS INTERPRETANDO O CASO DE LUA: DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM E POSSIBILIDADES DE INTERVEN플O NA ESCOLA
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE A EMANCIPA플O NA EDUCA플O TCNICA PROFISSIONAL DE SERGIPE
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA DIFICULDADES NA VISUALIZA플O DO CONCEITO DE PROGRESS홒 ARITMTICA A PARTIR DE REPRESENTA합ES GEOMTRICAS CONSTRUDAS NO SOFTWARE SUPERLOGO
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS POLTICA PBLICA DE ESCOLARIZA플O E FORMA플O PROFISSIONAL: DESAFIOS DO PROEJA NA EFETIVA플O DO DIREITO EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS
5. EDUCA플O E INF헞CIA AFETIVIDADE NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM E SUAS IMPLICA합ES NA RELA플O PROFESSOR-ALUNO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O PAPEL DA MDIA ESCRITA COMO PROMOTORA DA DIVULGA플O CIENTFICA E SEU USO NA ESCOLA
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 CINCIAS, CULTURA E EDUCA플O: REFLEXES ACERCA DO 밇U E DO 밢UTRO
5. EDUCA플O E INF헞CIA O PROCESSO DE CONSTRU플O DA LINGUAGEM ESCRITA EM CRIANAS DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A FORMA플O INICIAL DE PROFESSORES PARA O USO DAS TECNOLOGIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL I
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O BREVE APRESENTA플O SOBRE HISTRIA DAS POLTICAS PBLICAS DE INTEGRA플O DAS TECNOLOGIAS DA INFORMA플O E DA COMUNICA플O NA EDUCA플O B핿ICA EM SERGIPE
4. EDUCA플O E INCLUS홒 PEDAGOGIA HOSPITALAR: UM ESTUDO SOBRE A INCLUS홒
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O USO DA ARGUMENTA플O E A CONTRIBUI플O DA ETNOQUMICA PARA O ENSINO E A APRENDIZAGEM DE QUMICA.
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS EDUCA플O BRASILEIRA E A PR햀ICA DA EDUCA플O CONTEXTUALIZADA NA ESCOLA DO CAMPO
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO MENINO N홒 DANA ANITTA, A DANA CERTA ROBYS홒: AS REPRESENTA합ES MIDI햀ICAS E DE GNERO DE UM GRUPO DE ALUNOS E ALUNAS DO 4 ANO DE UMA ESCOLA PARTICULAR DA CIDADE DE FEIRA DE SANTANA/BA.
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA AN핶ISE DE UM LIVRO DE C핶CULO I: ALGUNS CONTEDOS MATEM햀ICOS
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O AS TIC NO ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEM햀ICA NO ENSINO MDIO: NECESSIDADE E POSSIBILIDADES
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A IMPLANTA플O DO LABORATRIO ITINERANTE PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEM햀ICA NA UNEB/CAMPUS BARREIRAS
4. EDUCA플O E INCLUS홒 SALAS DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS E ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: A QUEM SERVEM?
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O TRILHANDO MUNDOS IMAGIN핾IOS A PARTIR DOS JOGOS DIGITAIS: O KIMERA E SUAS POSSIBILIDADES AO ENTENDIMENTO DO ESPAO
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A ATUA플O DOS PEDAGOGOS N홒 DOCENTES DIANTE DO PROCESSO DE REESTRUTURA플O DO IFS
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O USO DA EXPERIMENTA플O NO ENSINO DE QUMICA COM NFASE NAS QUESTES AMBIENTAIS
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO O CURRCULO NA PERSPECTIVA DA PEDAGOGIA CRTICA DE HENRY GIROUX
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O ENSINO DE QUMICA ALIADO A PR햀ICAS ENVOLVENDO O COTIDIANO DO DISCENTE
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL AN핶ISE DO POTENCIAL ANTIOXIDANTE DE TRS ESPCIES DA FAMLIA FABACEA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O LUGAR DA TICA NA FORMA플O DE PROFESSORES
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA APLICA플O DE SIMULADORES COMO FERRAMENTA DE CONTEXTUALIZA플O NO ENSINO DE QUMICA: EXPERINCIA COMPUTACIONAL PARA SOLU플O QUMICA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA CONTRIBUI합ES DO PIBID FORMA플O MATEM햀ICA DE LICENCIANDAS EM PEDAGOGIA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 UM OLHAR SOBRE O ENSINO DE LNGUA PORTUGUESA NA EDUCA플O DE SURDOS DO ENSINO MDIO: UM ESTUDO DE CASO
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O EDUCA플O A DIST헞CIA NO INSTITUTO FEDERAL DE SERGIPE: PR햀ICAS EDUCACIONAIS DO CURSO DE ADMINISTRA플O
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A FORMA플O PELA EXPERINCIA E O PIBID DE GEOGRAFIA DA UEFS
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS EDUCA플O AMBIENTAL: REFLEXOS NA EDUCA플O N홒 FORMAL
9. EDUCA플O E DIREITOS HUMANOS. EDUCA플O PARA A PAZ. EDUCA플O EM DIREITOS HUMANOS NA PERSPECTIVA DE PAULO FREIRE
4. EDUCA플O E INCLUS홒 ACESSIBILIDADE ARQUITETNICA DOS ESPAOS DE LAZER EM ARACAJU: VISITANDO AS ESTRUTURAS DO GIN핿IO DE ESPORTES CONST헞CIO VIEIRA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA FORMA플O CONTINUADA PARA O ENSINO DE CINCIAS NATURAIS NOS ANOS INICIAIS: REFLEXES DE UMA EXPERINNCIA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS AVALIAR PARA ADEQUAR: O PROCESSO DE ACOMPANHAMENTO DOS PLANOS MUNICIPAIS DE EDUCA플O NA BAHIA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS O BINMIO: POLTICAS PBLICAS E A EDUCA플O RURAL EM SERGIPE NOS IDOS DE 1930 A 1960
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O POSSIBILIDADES DE UMA COMUNIDADE DE PR햀ICA NA FORMA플O A DIST헞CIA: REFLEXES A PARTIR DE UMA EXPERINCIA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 EDUCA플O FSICA E AUTISMO NUMA PERSPECTIVA INCLUSIVA: UM LEVANTAMENTO BIBLIOGR핮ICO A PARTIR DE REVISTAS ONLINE
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS OS DESAFIOS DO COORDENADOR PEDAGGICO NA EDUCA플O DO CAMPO
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE A MULTIPLICIDADE DE SENTIDOS ENTRE A ESCOLA E AS JUVENTUDES: AN핶ISE DO DOCUMENT핾IO 밣RO DIA NASCER FELIZ
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FORMA플O CONTINUADA DE DOCENTES E INTERA플O ONLINE
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS JO홒 RIBEIRO E A FILOSOFIA NO BRASIL TEORIA E PR햀ICA NA PRODU플O DE SENTIDOS SOBRE A HISTRIA UNIVERSAL (1892-1932)
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL TEORIA SOCIAL E MTODO EM MARX: UMA ABORDAGEM ACERCA DA CONTRIBUI플O DO PENSAMENTO MARXIANO NO CAMPO DO SERVIO SOCIAL
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO A NATUREZA DO TRABALHO PEDAGGICO E A APROPRIA플O DE CONHECIMENTOS
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO EDUCA플O EM DEBATE: CRTICA IMATERIALIDADE DO TRABALHO PEDAGGICO
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS EXPANS홒 E MELHORIA DO ENSINO PROFISSIONAL BRASILEIRO NAS DCADAS DE 1980 E 1990: UM BALANO SOBRE O PROTEC
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE A DANA COMO FORMA DE DISCURSO NO ESPECTRO AUTISTA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O ENTENDIMENTO DE ALUNOS DO 7 ANO DE ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ARACAJU/SE SOBRE O QUE UM PROBLEMA MATEM햀ICO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA A SECA NO ALTO SERT홒 SERGIPANO: UM TEMA GERADOR PARA O ENSINO DE QUMICA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ALTO NDICE DE REPROVA플O EM MATEM햀ICA NOS 6 ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL PE. JOS THOM핿 DE AQUINO MENEZES
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL AS A합ES DOS/AS TRABALHADORES/AS DA ATEN플O PRIM핾IA DE SIM홒 DIAS/SE E A POLTICA NACIONAL DE SADE DO CAMPO E DA FLORESTA
5. EDUCA플O E INF헞CIA REELABORA플O CRIATIVA: UM ESTUDO SOBRE O PROTAGONISMO INFANTIL DURANTE A CONSTRU플O DA INTERFACE DE UM JOGO DIGITAL.
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS O CEN핾IO EDUCACIONAL BRASILEIRO: ADAPTA플O E IMPLANTA플O DO (NOVO) ENEM
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PROJETO DE LETRAMENTO NO ENSINO FUNDAMENTAL: ARTICULANDO TEORIAS E PR햀ICAS
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A플O TEC NEP E FORMA플O HUMANA INTEGRAL: A합ES INCLUSIVAS IMPLANTADAS NA REDE FEDERAL DE EDUCA플O PROFISSIONAL, CIENTFICA E TECNOLGICA (1999 - 2014)
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS SOBRE AFETOS, RESISTNCIAS E MICRODANAS. SIMPLICIDADE E VITALIDADE.
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A플O TEC NEP COMO UMA POLTICA DE INCLUS홒 NA REDE FEDERAL DE EDUCA플O PROFISSIONAL, CIENTFICA E TECNOLGICA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O ENSINO DE CINTICA QUMICA POR MEIO DE ATIVIDADE EXPERIMENTAL UTILIZANDO VITAMINA C
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A FORMA플O DO PROFESSOR E SUA RELA플O COM O SABER NA SOCIEDADE CONTEMPOR헞EA
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA USO DE PARADID햀ICOS E JOGOS LDICOS PARA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE MATEM햀ICA APLICADO NA EDUCA플O B핿ICA DO ESTADO DE ALAGOAS
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL FILOSOFIA BRASILEIRA? CONJECTURA OU REALIDADE?
2. EDUCA플O, INTERVEN합ES SOCIAIS E POLTICAS AFIRMATIVAS LITERATURA NEGRA: APLICABILIDADE DA LEI 10.639/2003 NO CONTEXTO EDUCACIONAL
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO A INFLUNCIA DOS TERICOS EDUCACINAIS NA PR햀ICA PEDAGGICA DA DISCIPLINA DE QUMICA INORG헞ICA, DO CURSO DE QUMICA LICENCIATURA IQB/UFAL
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O EDUCA플O CARTOGR핮ICA E ESPAO URBANO: EXPLORANDO POSSIBILIDADES COMPREENS홒 DAS DIN헜ICAS SOCIOEPACIAIS NO PROJETO 밙IMERA
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS O PROGRAMA MULHERES MIL NO 헜BITO DO PRONATEC: ENFOQUE NO MUNICPIO DE ARACAJU/SE
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL O MERCADO MASSIFICADO DO ENSINO SUPERIOR PRIVADO EM ALAGOAS
4. EDUCA플O E INCLUS홒 REFETINDO SOBRE A EMPREGABILIDADE DAS PESSOAS COM DEFICINCIA: RELA합ES ENTRE BARREIRAS ATITUDINAIS E A ESCOLA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O O GRUPO DO FACEBOOK COMO UM RECURSO DID햀ICO EM AULAS DE FILOSOFIA: A FILOSOFIA DO ENSINO MDIO NO SCULO XXI
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL CONTRIBUI합ES DO PROJETO TERCOA NA FORMA플O DOS PEDAGOGOS SOB A PERSPECTIVA DO STAFF DE EVENTOS
5. EDUCA플O E INF헞CIA DIZERES DAS CRIANAS SOBRE A ATUA플O DE SUAS EDUCADORAS: 밢 QUE A TIA FAZ NA CRECHE? FICA NA SALA
9. EDUCA플O E DIREITOS HUMANOS. EDUCA플O PARA A PAZ. AS INTERFERNCIAS NEGATIVAS DA VIOLNCIA NO DESENVOLVIMENTO HUMANO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ENSINO DE QUMICA POR INVESTIGA플O: UMA PROPOSTA PARA ESTUDANTES DO ENSINO MDIO
4. EDUCA플O E INCLUS홒 DESVELANDO BARREIRAS ARQUITETNICAS PRATICADAS CONTRA PESSOAS COM DEFICINCIA EM UMA INSTITUI플O DE ENSINO SUPERIOR DO AGRESTE ALAGOANO
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PROJETO EDUCACIONAL ARRECADA플O DE BATERIAS DE CELULAR: PROPOSTA DE SENSIBILIZA플O AMBIENTAL NO ENSINO B핿ICO
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 밨ICERCHIARE, LA PAROLA D뭀RDINE: ATIVIDADES DE UMA PESQUISADORA BRASILEIRA NA IT핶IA
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE AUTONOMIA NA ADOLESCNCIA: IMPORTANTE TAREFA DESENVOLVIMENTAL DESSA FASE
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA TRABALHANDO O LDICO COMO PLANO DE AULA NO ENSINO DA MATEM햀ICA: UMA EXPERINCIA MOTIVACIONAL
15. ESTUDOS DA LINGUAGEM DE RASURA EM RASURA SE TECE O FIO DO TEXTO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA PROJETO ARRAI DA MATEM햀ICA: UTILIZANDO O LDICO COMO FERRAMENTA CONSTRUTIVA PARA MOTIVA플O DOS ALUNOS NA APRENDIZAGEM DA MATEM햀ICA
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO ABORDAGEM DE GNERO SOBRE OS DOCENTES DO CAMPUS DE SADE DA UFS
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS UM ESTUDO SOBRE A EVAS홒 NAS LICENCIATURAS DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS: CURSOS PRESENCIAIS EM QUEST홒
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS EDUCA플O DO CAMPO E TRABALHO DOCENTE NO CONTEXTO CAMPESINO EM CORONEL JO홒 S-BA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EDUCA플O AMBIENTAL NUMA PERSPERCTIVA TRANSVERSAL: PROJETO DE AMBIENTA플O DE ESPAOS INTERATIVOS USANDO MATERIAIS REUTILIZ햂EIS
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO O PONTO DE MUTA플O NECESS핾IO
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL INTERVEN플O COM PAIS E A UTILIZA플O DO CHILD BEHAVIOR CHECKLIST(CBCL)
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA FEIRA DE CINCIAS: UMA A플O DO PIBID NO DESENVOLVIMENTO DE ASPECTOS SOCIOAMBIENTAIS POR MEIO DA EXPERIMENTA플O
16. ARTE, EDUCA플O E CONTEMPORANEIDADE AULA DE TEATRO: PESQUISA, CONSTRU플O COLETIVA, EXPERINCIA FORMATIVA, TICA E ESTTICA
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO A IMPORT헞CIA DO ENSINO DE CINCIAS PARA A ORIENTA플O DA SEXUALIDADE DO DEFICIENTE INTELECTUAL
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O AS TIC NAS ESCOLAS: BOM PREPARO PARA BOAS UTILIZA합ES
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O USO DO ORIGAMI NA COMPREENS홒 DA GEOMETRIA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O ROBTICA PEDAGGICA LIVRE: POSSIBILIDADES CRIATIVAS E NOVAS PERSPECTIVAS TECNOPEDAGGICAS
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE AS JUVENTUDES E A ESCOLA: UMA RELA플O DE TENSES E CONTRADI합ES
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A INTERDISCIPLINARIDADE E AS TECNOLOGIAS DIGITAIS NO ENSINO DE MATEM햀ICA: UMA RESSIGNIFICA플O DE CONCEITOS.RESUMO O PRESENTE TRABALHO VISA DISCUTIR, EM LINHAS GERAIS, ACERCA DA INTERDISCIPLINARIDADE
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A SOBREPOSI플O DA TEORIA SOBRE A PR햀ICA NO CURSO DE PEDAGOGIA: ALGUMAS REFLEXES
4. EDUCA플O E INCLUS홒 EM BUSCA DA VERDADEIRA INCLUS홒: O USO DA TECNOLOGIA ASSISTIVA EM PROL DA EDUCA플O INCLUSIVA
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL A EXPANS홒 DA POLTICA DE EDUCA플O SUPERIOR: A REGULAMENTA플O DO ENSINO DO SERVIO SOCIAL NA MODALIDADE DIST헞CIA E AS IMPLICA합ES NA FORMA플O
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS EDUCANDO O EDUCADOR: A FORMA플O INICIAL DO PROFESSOR E DA PROFESSORA DE SOCIOLOGIA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 O QUE DIZEM AS M홂S SOBRE A INCLUS홒 E O DESENVOLVIMENTO DAS CRIANAS COM AUTISMO: UM ESTUDO DE CASO
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL OS FUNDAMENTOS DA REESTRUTURA플O PRODUTIVA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO NA CONTRAM홒 DE UM CURRCULO ESCOLAR INDGENA: O CASO DO CURRCULO NAS ESCOLAS INDGENA EM RORAIMA- BRASIL.
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O GEST홒 E DIFUS홒 DO CONHECIMENTO VIA MEDIA플O TECNOLOGICA: CONTRIBUI합ES DAS EXPERINCIAS EM AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGENS.
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS LEITURA: UM DESAFIO PARA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM
12. PSICOLOGIA, APRENDIZAGEM E EDUCA플O: ASPECTOS PSICOPEDAGGICOS E PSICOSSOCIAIS COMO ADQUIRIMOS CONHECIMENTO? UMA ABORDAGEM EPISTEMOLGICA EM JEAN PIAGET E IMMANUEL KANT
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS EDUCA플O E SUSTENTABILIDADE EM COMUNIDADES TRADICIONAIS ALGUMAS CONSIDERA합ES SOBRE REMANESCENTES QUILOMBOLAS EDUCATION AND SUSTAINABILITY IN TRADITIONAL COMMUNITIES - SOME CONSIDERATIONS ON REMAINI
5. EDUCA플O E INF헞CIA ATIVIDADES LDICAS NA EDUCA플O DAS CRIANAS COM DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM: UM ESTUDO DE CASO NA E.M.E.F.J.F.A EM S홒 CRISTV홒/SE
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS QUMICA E ESTUDO DO SOLO: UM RELATO DE EXPERINCIA COM UMA TURMA DE EJA NO AGRESTE PERNAMBUCANO
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO TRABALHO E RELA합ES DE GNERO: UMA AN핶ISE DOS PAPIS SOCIAIS DE HOMENS E MULHERES
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA INFLUNCIAS DO GRUPO BOURBAKI NA MODERNIZA플O DO ENSINO DE MATEM햀ICA E A SUA CONSEQUNCIA EM VITRIA DA CONQUISTA BA (1960-1970)
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA CONTEXTUALIZA플O, EXPERIMENTA플O E A PESQUISA NA WEB PARA DESPERTAR O INTERESSE PELO ESTUDO DAS REA합ES QUMICAS
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL 밦UEST홒 SOCIAL EM TEMPOS DE CRISE DO CAPITAL
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS BIBLIOTECAS ESCOLARES EM FOCO: TECENDO OLHARES, REVELANDO PR햀ICAS
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS A EXISTENCIA DO ESTADO E A EXISTENCIA DA ESCRAVID홒 DO TRABALHADOR: UMA P햀RIA QUE DESEDULCA E EDUCA PARA PRODU플O DE UMA SUBJETIVIDADE COMFORMADA A LGICA DO CAPITAL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS MODOS DE EDUCAR: PR햀ICAS ESCOLARES E CULTURA ESCOLAR NO TERRITRIO DO LESTE SERGIPANO
4. EDUCA플O E INCLUS홒 USO DO DIAGNSTICO DE ACESSIBILIDADE ESPACIAL PARA PRODU플O DE DOCUMENT핾IO ESCOLAR REALIZADO POR ALUNOS DO ENSINO MDIO E BOLSISTAS DO PIBID
4. EDUCA플O E INCLUS홒 INCLUS홒 OU EXCLUS홒: COMO AS CRIANAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS, S홒 INSERIDAS NAS ESCOLAS REGULARES DO MUNICPIO DE BARRA DOS COQUEIROS NO ESTADO DE SERGIPE
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL ASPECTOS DO PROGRAMA PR- EQUIDADE DE GNERO NO BANCO 헜BAR
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL CONTRIBUI합ES DA POLTICA DE SEGURANCA ALIMENTAR E NUTRICIONAL PARA O FORTALECIMENTO E EMANCIPA플O DAS MULHERES CAMPONESAS DE SERGIPE
24. EDUCA플O E SADE ENSINO DA SADE NA REDE PBLICA ESTADUAL DE SERGIPE: O QUE DIZEM OS PROFESSORES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS AN핶ISE MICROBIOLGICA DE 핯UA EM BEBEDOUROS NUMA ESCOLA ESTADUAL DE S홒 MIGUEL DOS CAMPOS-AL
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA VIVNCIAS E REFLEXES SOBRE MATERIAIS MANIPULATIVOS NAS AULAS DE MATEM햀ICA DO ENSINO FUNDAMENTAL
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL ATRAVESSADORES: A CRIMINALIZA플O DOS INTERMEDI핾IOS DO INSS SOB A LGICA DA GEST홒 DA PREVIDNCIA SOCIAL
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA MEIO AMBIENTE EM LIVROS DE QUMICA DO ENSINO MDIO: BREVE DESVELAR DA RELA플O SOCIEDADE E NATUREZA.
7. EDUCA플O, TRABALHO E JUVENTUDE JUVENILIZA플O DA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS: A FORTE PRESENA DO JOVEM NESSA MODALIDADE
10. EDUCA플O, CORPO, SEXUALIDADE, GNERO SEXUALIDADE, GNERO E PODER: A EMERGNCIA DE UM CAMPO DE ESTUDOS NAS CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS
19. EDUCA플O E ENSINO DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS UMA SALA, MULTIPLAS TRAJETRIAS: PERCEBENDO O BAIRRO POR MEIO DE DI핶OGOS INTERGERACIONAIS NAS AULAS DE GEOGRAFIA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O TRANSFORMA합ES NA DOCNCIA UNIVERSIT핾IA COM A INCORPORA플O DAS TDIC
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS CONTRIBUI합ES DA EDUCA플O FSICA NA EJA MDIO
4. EDUCA플O E INCLUS홒 INCENTIVO E PROMO플O A LEITURA: A CONTA플O DE HISTRIAS COMO INSTRUMENTO PARA A ALFABETIZA플O DE CRIANAS SURDAS NAS SRIES INICIAIS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PR햀ICA DOCENTE, ATO RESPONS햂EL PARA UMA EDUCA플O LIBERTADORA: APORTES DE PAULO FREIRE E MIKHAIL BAKHTIN
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS REPRESENTA합ES SOBRE EST핯IO SUPERVISIONADO UM ESTUDO COM LICENCIANDOS DE LETRAS E MATEM햀ICA
4. EDUCA플O E INCLUS홒 A COLABORA플O COMO FERRAMENTA DE REFLEXES E DI핶OGOS: O ENSINO DA LIBRAS E O PROFESSOR OUVINTE EM FOCO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA O ENSINO DE CINCIAS E A EXPERIMENTA플O: UMA DISCUSS홒 BIBLIOGR핮ICA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O AS TECNOLOGIAS TRAZEM O MUNDO PARA A ESCOLA: REALIDADE A SER INCORPORADA POR TODOS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS NARRATIVAS DE EDUCADORAS ACERCA DE SUAS PR햀ICAS NA EDUCA플O INFANTIL
4. EDUCA플O E INCLUS홒 CONDI합ES DE ACESSIBILIDADE ARQUITETNICA DO CAMPI DE S홒 CRISTV홒 DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A CONSTRU플O DO MARCO CIVIL DA INTERNET E A EDUCA플O
22. EDUCA플O E PESQUISA EM ESPAOS N홒 FORMAIS INTERCONEXES ENTRE HISTRIA E MEMRIA : EST핯IO E PESQUISA EM ESPAOS N홒-FORMAIS:
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS OS DESAFIOS DA FORMA플O CONTINUADA DOS DOCENTES DO JUVENIL PARA E NA EJA
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO COORDENA플O PEDAGGICA: DESAFIOS E POSSIBILIDADES NA ARTICULA플O PARA A ELABORA플O E EXECU플O DO PROJETO POLTICO PEDAGGICO
8. EDUCA플O, CULTURA E RELIGI홒 O CURRCULO DE ENSINO RELIGIOSO DE UMA ESCOLA CONFESSIONAL: AN핶ISE DE UMA PROPOSTA CURRICULAR
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS A INVESTIGA플O-A플O NA PROMO플O DA REFLEVIDADE DE COORDENADORES PEDAGGICOS E PROFESSORES
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS EDUCA플O VERSUS POLTICAS PBLICAS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS OS SENTIDOS DO PIBID PARA A FORMA플O DOCENTE: UMA AN핶ISE DAS REPRESENTA합ES DOS LICENCIANDOS DOS CURSOS DE LETRAS/PORTUGUS E CINCIAS BIOLGICAS A DIST헞CIA DE UMA IES
23. PESQUISA FORA DO CONTEXTO EDUCACIONAL DISCUTINDO EXCLUS홒 SOCIAL: APONTAMENTOS SOBRE A 밅ONSTRU플O DA CIDADANIA DE PESSOAS COM DEFICINCIA.
4. EDUCA플O E INCLUS홒 EXPERINCIAS SENSORIAIS NA FORMA플O DE PROFESSORES NA PERSPECTIVA DA EDUCA플O INCLUSIVA
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL PERSPECTIVAS DA ATUA플O DO EGRESSO DA LICENCIATURA EM DANA DA UFAL EM ALAGOAS.
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O NOVAS TECNOLOGIAS EM SALA DE AULA: APROPRIANDO AS FORMAS DE USOS PARA O LETRAMENTO E COMUNICA플O INTERCULTURAL EM ESCOLAS DO SEMI핾IDO BRASILEIRO
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA CONECTANDO O CONHECIMENTO TERICO E PR햀ICO POR MEIO DE UM PROJETO DE EXPERIMENTA플O PEDAGGICA.
3. EDUCA플O NO CAMPO, MOVIMENTOS SOCIAIS POLTICAS PUBLICAS E PROPOSI합ES PEDAGGICAS PARA UMA EDUCA플O ESCOLAR DO CAMPO E QUILOMBOLA:UMA PROPOSTA DE INTERVEN플O NA COMUNIDADE QUILOMBOLA DE VOLTA GRANDE NA BAHIA
9. EDUCA플O E DIREITOS HUMANOS. EDUCA플O PARA A PAZ. OS MTODOS DE PESQUISA E OS CURSOS DE AFERI플O DA CONFIABILIDADE E VALIDA플O DA PR햀ICA DA JUSTIA RESTAURATIVA
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O FORMA플O DE PROFESSORES PARA DOCNCIA ON LINE: PERSPECTIVAS E DESAFIOS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O PAPEL DO ENGENHEIRO CIVIL NA CONSCIENTIZA플O DOS IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS DECORRENTE DA ESCOLHA E DESCARTE DOS MATERIAIS DE CONSTRU플O CIVIL
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS PLANNING EDUCATION IN FEDERAL LEGISLATION : PRINCIPLES AND PRECEPTS ( THE FEDERAL CONSTITUTION IN 1988 TO LDB 9394/96 )
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS REFORMAS DA LEGISLA플O FEDERAL DA EDUCA플O PROFISSIONAL TCNICA DE NVEL MDIO: DE 1996 A 2004
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS UMA CONTRIBUI플O CRTICA DA PEDAGOGIA ORGANIZACIONAL NA INOVA플O TECNOLGICA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS PONTES PEDAGGICAS ENTRE O ENSINO MDIO E O ENSINO SUPERIOR: EXPERINCIAS SOBRE UMA FEIRA DE PROFISSES NUMA ESCOLA BAIANA
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A IMPORT헞CIA DA GEOGRAFIA EM ESTUDOS DE LOCALIZA플O
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A UTILIZA플O DOS RECURSOS HDRICOS NA REGI홒 SEMI핾IDA E O PAPEL DO ENGENHEIRO AGRNOMO DIANTE DA SOCIEDADE, ESBOADO PARA ALUNOS DA REDE PBLICA DE ENSINO MDIO
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS A EXPERIMENTA플O QUMICA EM PROL DO ENSINO E PROFISIONALIZA플O CIDAD: UMA EXPERINCIA REALIZADA A PARTIR DE UMA FEIRA DE PROFISSES EM UMA ESCOLA DE ENSINO MDIO
13. CURRCULO ESCOLAR, GEST홒, ORGANIZA플O DO TRABALHO PEDAGGICO UM ESTUDO SOBRE AS CONCEP합ES DE AVALIA플O DOS (AS) DOCENTES DAS SRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA MUNICIPAL DE JEQUI
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS DA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS EM ALAGOAS PERIODO 2001-2011: : AVALIANDO DESAFIOS PARA IMPLANTA플O DE UMA POLTICA PBLICA EDUCACIONAL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS DOCENTES DA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS E SUAS CONCEP합ES SOBRE A DIVERSIDADE CULTURAL E AS ARTICULA합ES COM AS QUESTES CURRICULARES
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS FORMA플O DE PROFESSORES DE MATEM햀ICA DA FACULDADE AGES PARIPIRANGA/BA: O QUE PENSAM OS ALUNOS A CERCA DA ESTRUTURA CURRICULAR.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS AS PR햀ICAS CURRICULARES DOCENTES NA EDUCA플O DE JOVENS E ADULTOS E A EDUCA플O MULTICULTURAL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS EDUCA플O FISICA E ENSINO MDIO: UMA AN핶ISE SOBRE MOTIVA플O ATRELADA A EXPOSI플O DE UMA FEIRA DE PROFISSES
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA TEMAS GERADORES NO ENSINO DE QUMICA: CONCEP합ES DE EDUCADORES E EDUCANDOS DE ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE ENSINO B핿ICO DE SERGIPE
6. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL A ATUA플O DO EGRESSO DA LICENCIATURA EM DANA DA UFAL EM ALAGOAS.
24. EDUCA플O E SADE SADE DOS PROFESSORES: UM ESTUDO DOS FATORES PSICOSSOCIAIS DO ESTRESSE NO TRABALHO E O ENTRINCHEIRAMENTO NA CARREIRA DE DOCENTES DE UM MUNICPIO BAIANO
1. EDUCA플O E POLTICAS PBLICAS EDUCA플O E CAPITAL HUMANO: REVELANDO O DOMNIO DO SABER
20 EDUCA플O E ENSINO DE MATEM햀ICA, CINCIAS EXATAS E CINCIAS DA NATUREZA ENSINANDO FSICA ATRAVS DE OFICINA DE AVIES DE PAPEL
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS MEMRIA E PR햀ICAS EDUCATIVAS NO ROMANCE 밆OIDINHO (1933) DE JOS LINS DO REGO
17. MSICA (ENSINO DA MSICA, PRODU플O MUSICAL) O CONTEXTO MUSICAL E SOCIAL DA SANFONA NO NORDESTE DO BRASIL
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS FORMA플O DE PROFESSOR E UMA PROPOSTA PEDAGGICA INCLUSIVA NA PERSPECTIVA DE DUAS ESCOLAS PBLICAS EM SERGIPE
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O ENSINO SUPERIOR A DIST헞CIA NO BRASIL: RANOS E AVANOS NA FORMA플O DE PROFESSOR
5. EDUCA플O E INF헞CIA RETRATO DE LETRAMENTO(S) DAS FAMLIAS: UM ESTUDO DAS PR햀ICAS SOCIAIS DE LEITURA E ESCRITA ENCONTRADAS NO CONTEXTO DOMSTICO
5. EDUCA플O E INF헞CIA LETRAMENTO DAS FAMLIAS E RELA플O COM O PROCESSO DE AQUISI플O DO SISTEMA DE ESCRITA DAS CRIANAS
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS ENSINO E PESQUISA FORMANDO ATRAVS DOS VALORES NO PIBIB: INGRESSO DO ESTUDANTE NO UNIVERSO DO FRANCS.
11. EDUCA플O, SOCIEDADE E PR햀ICAS EDUCATIVAS O TRABALHO PEDAGGICO E A SISTEMATIZA플O DA ALFABETIZA플O COM O LETRAMENTO NO FINAL DO CICLO: UMA RELA플O ENTRE O PROPOSTO E O VIVIDO NO COTIDIANO DAS ESCOLAS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS IMPLEMENTA플O DE PREVEN플O DO USO DE DROGAS NO CURRCULO ESCOLAR: PREVEN플O SOBRE AS DROGAS
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS CONTADOR DE HISTRIAS: DESAFIOS PARA A FORMA플O DE PROFESSOR/A DE PEDAGOGIA
18. FORMA플O DE PROFESSORES. MEMRIA E NARRATIVAS PLANEJAMENTO ESCOLAR SOBRE GEST홒 DEMOCR햀ICA NA FORMA플O DE PROFESSOR/A: EIS A QUEST홒
14. TECNOLOGIA, MDIAS E EDUCA플O A LITERATURA SERGIPANA ATRAVS DA EAD